ACOMPANHE-NOS    
MARÇO, TERÇA  09    CAMPO GRANDE 21º

Capital

Médica e enfermeira são as primeiras imunizadas em hospitais particulares

Hospitais Cassems e Unimed deram início à vacinação contra covid na manhã desta quarta-feira (20)

Por Ana Paula Chuva | 20/01/2021 12:39
Genira foi a primeira imunizada na Cassems. (Foto: Reprodução | Instagram)
Genira foi a primeira imunizada na Cassems. (Foto: Reprodução | Instagram)

Começou na manhã de hoje (20) a vacinação contra covid-19 nos hospitais particulares de Campo Grande. Ao todo foram entregues 800 doses em cinco unidades hospitalares. Na Cassems e na Unimed as primeiras imunizadas foram uma técnica de enfermagem e médica pneumologista, ambas atuantes na linha de frente do combate à doença.

De acordo com a prefeitura, os hospitais Cassems, Unimed e Proncor receberam 200 doses da coronavac cada um e os hospitais do Câncer e São Julião cem doses cada. A Capital recebeu no total 26.898 doses do imunizante que será aplicado nesta primeira fase em que está na linha de frente no combate à covid-19.

No hospital da Cassems a técnica de enfermagem, Genira Vasques Monteiro, 46 anos, foi a primeira vacinada. Em cerimônia simbólica ela recebeu a dose do imunizante e disse estar esperançosa para que mais pessoas recebam a imunização.

"A comemoração desta data tem uma simbologia da ciência e o não ao negacionismo. Enquanto muitos distribuem notícias falsas, os cientistas estão trabalhando”, comenta a diretora do hospital, Maria Auxiliadora Budib, que hoje conta com 195 profissionais lotados na UTI para tratamento de pacientes com Covid-19.

Pneumologista no momento da imunização. (Foto: Divulgação | Unimed)
Pneumologista no momento da imunização. (Foto: Divulgação | Unimed)

Já no hospital da Unimed, a primeira dose da vacina foi aplicada na médica pneumologista Liana Peres Duailibe, que também trabalha no enfrentamento à doença. A unidade recebeu 200 doses da coronavac ontem e aplicação aconteceu durante cerimônia hoje.

“É um sonho depois de tanto sofrimento, tanta angústia receber essa vacina. A gente teve tanta expectativa, tanto medo. É uma honra estar sendo protegida, uma emoção para mim, para minha família e para todos”, declarou a médica após imunizada.

Santa Casa - Na Santa Casa a imunização começou ontem. No hospital beneficente a primeira a receber a dose da coronavac foi a médica intensivista, Maristela Curado do Amaral, 44 anos.

Maristela foi chefe da UTI Covid de março a outubro, quando saiu do comando por conta da rotação que fazem entre os profissionais, como forma de evitar a sobrecarga. Apesar do contato direto com infectados, ela conseguiu passar pela pandemia sem testar positivo para a covid. "Foram muitos cuidados e sorte. Agora com a vacina não será mais sorte, será ciência", avaliou.

CRS - Também ontem, a prefeitura de Campo Grande iniciou a imunização no CRS (Centro Regional de Saúde) do Bairro Tiradentes com a enfermeira assistencial há 22 anos, Flávia Cristine Correia de Almeida, 52 anos.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário