A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

22/08/2015 09:30

Médicos ganham até mais de R$ 20 mil e não deviam fazer greve, diz Olarte

Edivaldo Bitencourt e Filipe Prado
Prefeito durante discurso na manhã de hoje na Cidade Solidária (Foto: Marcos Ermínio)Prefeito durante discurso na manhã de hoje na Cidade Solidária (Foto: Marcos Ermínio)

O prefeito de Campo Grande, Gilmar Olarte (PP), apelou ao “juramento de salvar vidas” para que os médicos voltem ao trabalho. Durante evento nos altos da Avenida Afonso Pena, na manhã deste sábado (22), ele também criticou a categoria, que tem salário superior a R$ 20 mil e não tem motivo para suspender as atividades.

O progressista reagiu à decisão dos médicos, que decidiram manter a greve em assembleia geral realizada ontem (21). Eles exigem a retomada do pagamento dos plantões eventuais, o pagamento escalonado para todas as categorias e a definição de data para a reposição da inflação nos salários.

“A prefeitura não queria a greve, os médicos devem se conscientizar do período vivido pelo País”, afirmou o prefeito, sobre a crise política e econômica atual. Ele disse que os profissionais devem voltar ao trabalho.

“Todos os pedidos do Sindicato dos Médicos foram atendidos, menos o aumento de salários, mas nenhum servidor teve reajuste por causa da crise no município”, justificou-se. Ele também citou que os médicos fizeram o juramento de salvar vidas e devem cumpri-lo. “Aqui no município, o médico ganha R$ 10 mil, R$ 15 mil a R$ 20 mil, até mais do que isso, não tem necessidade de paralisação”, argumentou.

Ele também destacou que a prefeitura está contratando médicos que “queiram trabalhar”. “Estamos contratando, quem quiser trabalhar, é só ir até a prefeitura”, garantiu. No entanto, a Secretaria Municipal de Saúde está com dificuldade de preencher o quadro e os profissionais não estão preenchendo as vagas previstas nos editais de seleção simplificados e de concursos.

Os médicos estão em greve desde o sábado passado e só estão realizando o atendimento de emergência. No entanto, mesmo nos centros regionais de saúde e nas UPAs (Unidades de Pronto Atendimento), o atendimento é feito por 30% dos profissionais.

Terminal rodoviário de Campo Grande oferece cartões de Natal gratuitos
A rodoviária de Campo Grande, mais um ano, oferece gratuitamente cartões de Natal gratuitamente para os passageiros que passarem pelo local até o pró...
Universidade do MS recebe certificação de excelência em gestão
Será recebida pela UCDB (Universidade Católica Dom Bosco) em solenidade que acontece na próxima segunda-feira (18) o certificado de excelência em ges...
Águas Guariroba continua com campanha de renegociação de dívidas
Vai até o dia 29 deste mês a campanha "Fique em Dia", realizada pela Águas Guariroba para renegociar as dívidas que os consumidores têm com a empresa...
Prefeitura e TJ prorrogam renegociação de dívidas ajuizadas até 3ª
O programa de refinanciamento de dívidas da Prefeitura de Campo Grande foi prorrogado até o dia 19 de dezembro, a próxima terça-feira, no Centro de C...


Nem tanto ao céu, nem tanto à terra.... Esse Sr. quando está em sua igreja usa argumentos para convencer seus fiéis a "doarem para Jesus"!?...Nunca soube que Jesus precisa de dinheiro! Então mude seu discurso na igreja. Apenas dedique-se a ser um "Pastor" e cuidar de suas ovelhas sem arrancar-lhes a "lã". Deus tudo vê e o dia do Juízo vai chegar...
 
Sentinela em 22/08/2015 10:17:34
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions