A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 24 de Junho de 2018

10/02/2011 13:15

Mesmo com alteração na lei, falta de licença impede shows, diz Semadur

Ricardo Campos Jr.

Presidente da Acrissul pediu que prefeitura "baixe a guarda"

Presidente da Acrissul na audiência realizada na Câmara. (Foto: João Garrigó)Presidente da Acrissul na audiência realizada na Câmara. (Foto: João Garrigó)

O secretário de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano Marcos Cristaldo afirmou que o problema com relação ao parque de exposições Laucídio Coelho é a falta de licença ambiental e disse que mesmo com a alteração na lei a realização dos espetáculos depende desse documento. “Tem que ter licença ambiental e pelo andamento das coisas vai depender da Acrissul para ter eventos lá”, disse o secretário.

O presidente da Acrissul (Associação de Criadores de Mato Grosso do Sul) Francisco Maia pediu que a Semadur (Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano) “baixe a guarda” e permita a realização dos shows no parque sem licença, como é feito, segundo ele, com outros eventos públicos tais como Som da Concha e Casa do Papai Noel.

Maia questionou Marcos Cristaldo a respeito de quais locais na Capital poderiam receber grandes eventos. “Não existe nenhum local em Campo Grande com licença ambiental para isso”, disse o secretário.

Entretanto, Marcos Cristaldo contou que em 2004 a Acrissul entrou com um processo para obter licença ambiental e até hoje não fizeram as alterações exigidas pela prefeitura para tal documento. Entre elas está a questão da acústica do parque, drenagem e destino de resíduos sólidos. Várias delas, de acordo com o secretário, serviram de subsídio para a ação civil impetrada pelo promotor do Ministério público Estadual Alexandre Raslan.

As últimas recomendações foram feitas, segundo o secretário, em 2008. “A demora não é por conta da secretaria e sim por conta da Acrissul”, disse Cristaldo, que relatou ainda que foi assinado um TAC (Termo de Ajustamento de Conduta).

De acordo com o secretário, o termo não foi cumprido o que gera notificações a cada evento realizado no local. Ele frisa que a lei diz que o evento Expogrande não pode ser realizado, o que significa que mesmo com o cancelamento dos shows os leilões e demais eventos agropecuários não podem acontecer.

Acrissul - O Campo Grande News tentou contato com Francisco Maia, presidente da Acrissul, a respeito do que foi dito pelo secretário mas não atendeu à chamada.

Audiência - A audiência pública sobre a Lei do Silêncio aconteceu no plenarinho da Câmara de Campo Grande.

Estiveram presentes a população, representantes de entidades ligadas à realização de eventos e os vereadores Paulo Siufi (PMDB, João Rocha (PSDB), Carlão (PSB), Professora Rose (PSDB). O promotor do Ministério Público Estadual Alexandre Raslan não compareceu.



A LEI AMBIENTAL É PARA TODOS.
VAMOS RESPEITAR E NÃO ECONOMIZAR
 
kleber ribeiro leal em 11/02/2011 12:02:27
Nelsinho, cuida da enchente do bairro joquei clube, depois que retirou os trilhos, aqui virou praia.
 
Joana Gonçalves em 11/02/2011 09:50:54
O chico já vendeu a área da Acrissul ele só está tentando disfarçar, deveria voltar o antigo Presidente da Acrissul, depois que esse chico politiqueiro entrou só fez coisas absurdas, sem contar que ele apoiou o Zeca do PT o Cara que mais ferrou os Pecuaristas (lembram da aftosa), pois é o Chico o apoiou, o antigo Prsidente não, tanto é que no último ano do Zeca ele nem foi na exposição.
 
Jorge Antônio Dias em 11/02/2011 08:24:00
Deveria Haver uma votação entre os interessados da situação que no caso é o povo e os Empresários Burgueses que adoram passar por cima da Lei. Ela foi feita para todos e por isso deve ser cumprida. Não aos Shows Milionários na Acrissul, e Não a esses politicos que recebem patrocinio desse povo para passar por cima da lei!!
 
Zaeli neves em 11/02/2011 02:42:31
A lei tem que valer pra todos, parabéns Chico Maia tem que cobrar mesmo deste politicos, porque todo show do governo não precisa desta licença? este Alexandre Raslan é marionete de politicos maiores e esta decisão é baseada em interesses própios, NÃO DESISTA A MAIORIA ESTÁ COM A ACRISSUL !
 
Jose Silva em 10/02/2011 11:12:52
O direito de um, termina quando começa o direito do outro. A lei é o instrumento de maior importância para uma democracia. A Lei esta acima de qualquer argumento, de "jeitinho brasileiro" a entendimento dubio. O promotor Alexandre Raslan merece todo o nosso respeito e compreenssão. A ACRISUL precisa se reciclar, não da mais para olhar para Campo Grande como se fosse apenas alguns hectares de uma grande fazenda. O preço vai ser um ouco caro, mas no final tudo vai ficar melhor.
 
silvania gonçalves em 10/02/2011 09:43:20
Mas que legal Campo Grande já não tem nada agora pessoas que não tem o que fazer na prefeitura tentam parar o unico lugar para shows então que a prefeitura arrume um lugar para os eventos já que não pode ter nada nesta cidade.

Vergonha mesmo
 
Sidnei Sabara em 10/02/2011 08:18:34
"tenho certeza que o secretário Cristaldo, vai baixar a guarda, e o medo de perder cargo dele, pois ele já está na esquerda de todo mundo (vereadores, executivo etc...) espere pra ver!
 
Manoel Carlos Santos em 10/02/2011 08:08:30
Semadur , “baixe a guarda”, isso é uma total falta de respeito com a legislação, eu diria até, um tapa na cara do MP. Esses episódios lembram as pequenas cidadezinhas do interior, onde tudo "se dá um jeito", dinheiro fala mais alto, onde tudo pode, essa é a cidade morena, grande por fora e pequena por dentro.
 
Ramón Valdez em 10/02/2011 06:57:37
"Baixar a guardar". Isto é falta de respeito para c om todos. Agora eu pergunto para o todo poderoso presidente da Acrissul: ele baixa a guarda para que outros empresários explorem outdoors em Campo Grande?
Não. Somente ele quer ganhar dinheiro e passar por cima da Lei, que foi feita para todos, até mesmo os poderosos.



Edson
 
Edson Silva de Almeida em 10/02/2011 06:41:52
"Baixar a guarda" para realizar os eventos sem a licença ambiental e demais autorizações...
Esse argumento mostra a total falta de respeito dessas pessoas em relação às leis e aos direitos das outras pessoas, em especial às que são vizinhas do parque de esposições.
A posição da Câmara Municipal também não reflete a vontade popular e muito menos o dever dos vereadores, que é o de zelar pelo bem da população, e não servir a uma pequena (e endinheirada) parcela da sociedade. Uma vergonha...
 
Eduardo Figueiredo em 10/02/2011 06:02:56
Será que as autoridades poderiam "baixar a guarda", quando eu precisar pagar os meus impostos? Basta me dar um desconto de 20% que já estaria ótimo (faça as contas você também, e repensem no voto de vocês nas próximas eleições municipais).
 
Jocenir Filho em 10/02/2011 06:00:57
Quero só ver agora a Prefeitura baixar a guarda e liberar show sem licença ambiental. Se isto acontecer, pergunto: Lei só serve para pobre burro, pq malandro rico consegue burlar na pressão tudo o que querem. Complicado hein!
 
Ramiro Corrêa em 10/02/2011 05:09:31
NÁ ÉPOCA QUE ERA A FAMILIA DOS COELHOS Q COMANDAVA LÁ NIGUEM SE METIA COM ELES SERÁ PORQUE?? HEMMMMMMM
 
JOSE ANTONIO em 10/02/2011 05:05:19
Os vereadores jogaram pra platéia......não adiantou nada atropelarem a lei com a sessão vergonhosa na Câmara; se não houver as alterações e licença ambiental exigidas pelo Tribunal de Justiça não haverá show na Expogrande, isto se houver a exposição. Bem feito pra quem achou que podia passar por cima da lei e com desrespeito total aos moradores do entorno do Parque de Exposições.
 
Paulo Roberto em 10/02/2011 04:48:25
reage chico maia, alguem esta puxando seu tapete, alguem deve estar pensando que voce e muito ligeiro, que prestou serviço demais, que mostrou muito serviço em tao pouco tempo,isso provoca ciumes. e pior ciumes do mundo e o de homem. e pior e que eles nao sabem que vc ainda e farinha do mesmo saco, nao que sejam pessoas mas, pelo contrario pessoas de bem , mas parado no tempo, pensamento de fazendeiro, igual aos nossos antigos prefeitos, hoje em dia tem uma meninada nova com lep top namao informaçao de genetica do mundo todo, e cabeça moderna, hora que um filho de fazendeiro desses, pegar essa acrissul ai vai ser o verdadeiro enterro dessa velharada.voces tem que saber que o poder que voces tem a força e muito maior do que ficar pagando pau pra esse bando de burocratas, vcs tinham que ter uma cidade onde voces mandam, eles estao mandando em voces dentro da sua casa. reage..
 
luiz fernandes em 10/02/2011 03:13:16
Sem licença ambiental, Sem show !!! Resolvido o poblema !!!!
 
Otto Baungart em 10/02/2011 01:46:36
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions