ACOMPANHE-NOS    
JULHO, SEXTA  30    CAMPO GRANDE 15º

Capital

Mesmo com novo decreto, Campo Grande é capital com menos isolamento pelo 2º dia

No domingo, Estado foi o pior estado no ranking, e, na segunda-feira ficou na frente apenas de Santa Catarina

Por Guilherme Correia | 16/03/2021 09:07
Moradores da Capital caminham pelas ruas da cidade (Foto: Kisie Ainoã/Arquivo)
Moradores da Capital caminham pelas ruas da cidade (Foto: Kisie Ainoã/Arquivo)

No domingo, decreto estadual com medidas mais restritivas para controlar a pandemia de covid-19 passou a valer, e tanto Mato Grosso do Sul quanto Campo Grande foram as piores no ranking nacional de isolamento social. Já nesta segunda-feira (15), a Capital permaneceu na "lanterna", enquanto o Estado ficou a frente apenas de Santa Catarina.

Dados anônimos da plataforma InLoco, que verifica esse índice, indicam que 30,9% dos sul-mato-grossenses "não ficaram em casa", enquanto 30,82% dos campo-grandenses também não.

Entre capitais, Vitória (33,75%) e Cuiabá (33,83) vêm logo acima de Campo Grande. As mais bem colocadas são Fortaleza (44%), São Luís (41,21%) e Curitiba (40,26%).

Entre os municípios do Estado, Campo Grande ficou na 18ª pior posição. A cidade com menos isolamento foi Nova Andradina (17,5%), enquanto a melhor foi Jaraguari (48,8%).

O melhor estado nesse quesito foi o Ceará (42,76%), seguido do Maranhão (39,81%) e Amazonas (39,71%). Além de Santa Catarina (30,39%) e Mato Grosso do Sul, o Espírito Santo (31,38%) completa as três unidades da federação com menor índice.

Balanço - Dados publicados pelo próprio governo estadual indicam, inclusive, que a mobilidade urbana nunca foi reduzida expressivamente ao longo dos últimos 12 meses de pandemia. Aliás, o único momento em que foi superior a 60% foi logo no começo, em meados de março do ano passado.


Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário