A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

24/02/2012 18:10

“Minha vida foi destruída”, diz vítima de estuprador na UFMS em audiência

Francisco Júnior

Vítima participou de audiência nesta sexta-feira

Robson Van der Lan chega ao fórum para audiêncial (Foto: João Garrigó)Robson Van der Lan chega ao fórum para audiêncial (Foto: João Garrigó)

“Minha vida foi destruída”. A frase marcante é de uma das vítimas de Robson Van de Lan, preso acusado de estuprar várias mulheres em Campo Grande. Depois do trauma, a mulher esteve cara a cara com o estuprador durante audiência na 3ª Vara Criminal da Capital, na tarde desta sexta-feira (24).

A vítima, que terá o nome preservado, ainda está muito abalada após quase dois anos do crime, ocorrido em abril de 2010. A mulher lembra com detalhes do que aconteceu. “Era por volta das 8 horas. Eu estava a pé seguindo para uma reunião política, quando ele apontou uma arma, e mandou eu ficar quieta se não iria me matar”, relatou. O estupro aconteceu no bairro Aero Rancho.

A vítima relata ainda que desde a época do crime está passando por tratamento psiquiátrico. “Meu cabelo caiu, tenho que tomar remédio. Ele destruiu a minha vida”. Após o estupro, a mulher ainda teve que tomar o coquetel anti-HIV. “ Passei muito mal com todos esses medicamentos. Só eu sei pelo que passei”.

A mulher disse que identificou o acusado após vê-lo na televisão. “ Eu identifiquei por uma tatuagem que ele tem no braço”.

O marido da vítima, que também prestou depoimento na audiência, conta que dias antes do crime, Robson Van de Lan esteve na casa dele oferecendo um rádio. “ Nossa como eu iria imaginar”.

De acordo com a vítima, outras mulheres no bairro também foram vítimas do acusado, mas com medo, não denunciaram. “Eu conheço uma que mesmo depois que ele foi preso ainda não procurou a Polícia para contar o que aconteceu”.

Robson Van der Lan é réu em seis processos pelo crime de estupro. Ele foi preso em abril do ano passado após estuprar uma universitária no Campus da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul). Outras vítimas do estuprador procuraram a Polícia depois que imagens dele mostradas na televisão.



A vitima que Deus te dê forças, e que teu espirito seja mais forte que qualquer coisa, e que este criminoso pague o que tem que pagar.
 
antonio costa em 25/02/2012 12:09:36
Que nojo desse animal!!! Tomara que eles e outros como ele fiquem pra sempre longe do nosso convivio, e muito dificil acreditar na recuperacao dessa coisa!!!
 
Violeta Capeleti em 25/02/2012 01:24:57
esse ser humano deve pagar por tudo que fez......
Precisamos mostrar que a justiça brasileira funciona mesmo.
Pensa no desespero de cada vitima, não poder reagir pois estava correndo risco de morte, este crime não pode sair impuni.
Ele é tão covarde que nem lembra quantas vitimas ele atacou, crápula, animal..... vc presa morrer atrás das grades.......
 
fabiana pereira em 24/02/2012 10:49:40
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions