ACOMPANHE-NOS    
SETEMBRO, SEGUNDA  20    CAMPO GRANDE 26º

Capital

Ministério da Saúde realizará testagem em massa na população de Campo Grande

Ação tem como objetivo avaliar e traçar uma estratégia nacional de identificação e triagem da covid-19

Por Jhefferson Gamarra | 14/09/2021 15:44
Ação de testagem em massa realizado no Distrito Federal, que será replicada em Campo Grande. (Foto: Divulgação/Ministério da Saúde)
Ação de testagem em massa realizado no Distrito Federal, que será replicada em Campo Grande. (Foto: Divulgação/Ministério da Saúde)

O Ministério da Saúde, em parceria com a Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) de Campo Grande e SES (Secretária Estadual de Saúde), realizará a partir da próxima sexta-feira (17), projeto-piloto de testagem em massa para identificar casos sintomáticos e assintomáticos de covid-19 na população geral e em grupos vulneráveis da Capital.

Conforme adiantou a Sesau, na próxima sexta-feira, será realizada uma transmissão virtual e simultânea entre o Ministério da Saúde e todos os municípios participantes para dar mais detalhes sobre o projeto.

No mês passado, uma ação semelhante foi realizada em uma área de grande circulação de pessoas, no Distrito Federal. Cerca de 200 voluntários participaram do projeto, onde foram utilizados testes rápidos de antígeno, produzidos pela Fiocruz e os resultados disponibilizados cerca de 15 a 20 minutos após a testagem.

Ainda no mês de agosto, o ministro da Saúde Marcelo Queiroga anunciou a compra de 60 milhões de testes de antígeno para a realização do projeto nas capitais brasileiras.

De acordo com o ministério, a testagem tem como objetivo avaliar e traçar uma estratégia nacional de triagem em casos de covid-19. “Nós temos que ter os resultados na base de dados do Ministério da Saúde para acompanhar o caráter epidemiológico da pandemia de forma eficiente” disse Marcelo Queiroga,

Com as informações pós-testagem, o governo espera identificar a aceitabilidade da população em realizar os testes, o tempo necessário para triagem, o processo de rastreabilidade do uso dos testes, o perfil epidemiológico dos voluntários e o resultado positivo entre os indivíduos testados, sejam eles sintomáticos ou assintomáticos.

Ainda não há detalhes do local, quantidade de testes e quais estratégias serão adotadas durante a realização do projeto em Campo Grande.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário