A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 18 de Dezembro de 2018

09/09/2015 21:59

Ministério mostra que Capital deixou de vacinar 12 mil crianças contra pólio

Flávio Paes
Campo Grande não atingiu meta de vacinação (Foto:DivulgaçãoCampo Grande não atingiu meta de vacinação (Foto:Divulgação

O último levantamento do Ministério da Saúde, mostra que 12.040 crianças deixaram de ser levadas aos postos de vacinação contra a Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomelite encerrada no último dia 31 de agosto. Mesmo com duas prorrogações, em Campo Grande, o nível cobertura atingiu 77,88%, quando a meta preconizada era atingir 95% das crianças entre seis meses e menos de quatro anos de idade. Mesmo fora da campanha, a vacina está disponível de forma rotineira na rede pública.

Pelos dados do Ministério, em Campo Grande, foram vacinadas 42.346 crianças, quando o objetivo era atender 54.486. O melhor nível de cobertura foi entre as crianças menores (de até um ano de idade): 85,04% foram imunizadas, com aplicação de 5.832 doses, quando a previsão era atender 6.847. O pior resultado foi na faixa etária de um ano: só 66,28% das crianças foram levadas ao postos (9.071, quando eram previstas 13.693). Na faixa etária de dois anos, 81,83% foram imunizadas: 9.407 crianças vacinadas (ante 11.496 previstas). Entre as que tem três anos, 80,93% foram levadas aos postos (9.091, a previsão eram 11.233) e no grupo com 4 anos, 80,52% receberam a Sabin (8.954, dos 11.117 aguardada. No nível estadual, o nível de cobertura foi de 87,64%: 157.059 foram vacinadas, quando a expectativa era atender 179.218.

Não existe tratamento para a poliomielite e a única forma de prevenção é a vacinação. A vacina protege contra os três sorotipos do poliovírus 1, 2 e 3. A eficácia da imunização é em torno de 90% a 95%. Ela é recomendada mesmo para as crianças que estejam com tosse, gripe, coriza, rinite ou diarreia.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions