A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

21/11/2013 17:39

Morador de rua surta, quebra carro e taca barra de ferro em gestante no Centro

Bruno Chaves e Mariana Lopes
Homem foi detido, algemado e encaminhado para delegacia (Foto: João Garrigó)Homem foi detido, algemado e encaminhado para delegacia (Foto: João Garrigó)

Visivelmente perturbado, o morador de rua Gerson de Souza Laureano, 34 anos, amassou um carro estacionado na Rua Pedro Celestino e tacou uma barra de ferro em uma gestante que caminhava pelo local. A sequência dos fatos ocorreu por volta das 17h de hoje (21). Ninguém ficou ferido.

De acordo com a Polícia Militar, que atendeu a ocorrência, Gerson pegou pedaços de uma bocaiúva e começou a atacar em cima de um Chevrolet Cruze, que estava estacionado em frente a um imóvel desocupado na Rua Pedro Celestino, quase esquina com a Rua 15 de Novembro, no Centro de Campo Grande.

O capô do carro ficou destruído. O veículo também ficou sujo e repleto de bocaiúvas. O comerciante Douglas Batista, 38, contou que deixou o carro no local para buscar a filha de oito anos na escola. “Quando estava voltando vi o rapaz louco jogando as coisas no meu carro”, disse.

As pessoas que passavam pelo local se assustaram com a cena, assim como a criança. Quando o morador de rua percebeu a presença do proprietário do automóvel, correu, pegou uma barra de ferro que estava jogada próximo ao local e começou a bater em uma árvore. Depois, ele atirou o objeto contra uma mulher gestante que caminhava pela calçada, mas ela não foi atingida.

Gerson foi imobilizado pelo orientador de trajetos Laudemir dos Santos, 32, que estava em uma padaria no cruzamento das duas ruas. Ele viu o ataque do morador de rua e foi ao local “dar uma gravata” no homem. O Corpo de Bombeiros e a Polícia Militar foram acionados para atender a ocorrência.

A polícia levantou a hipótese de Gerson ser usuários de drogas. Os policiais confirmaram que o rapaz possui passagens por ameaça e roubo. Ele estava desorientado e perturbado mentalmente, avaliaram os militares.

O acusado foi detido, algemado e encaminhado à Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Centro. Além de atacar a mulher e o carro, Gerson espalhou o lixo de comércios por toda a rua.

Ele atacou uma barra de ferro contra uma gestante e espalhou lixo pela rua (Foto: João Garrigó)Ele atacou uma barra de ferro contra uma gestante e espalhou lixo pela rua (Foto: João Garrigó)

Prejuízo – O proprietário do carro estimou um prejuízo de R$ 1 mil por causa dos danos causados. “Fico preocupado com a vulnerabilidade da população diante da impunidade de casos como esse, já que ele foi levado para a delegacia, mas deve ser liberado”, disse.



Se eu deixar minha casa abandonada assim no bairro a prefeitura vai e multa, mas como é no centro, fica à disposição da bandidagem para usarem drogas e destruir as coisas alheias.
 
Luciano Silgueiros em 21/11/2013 18:42:39
Eu trabalho em frente ao local do ocorrido, e a policia levou cerca de duas horas para chegar ao local. Diversas chamadas foram feitas, e se não fosse pela população imobiliza-lo, ele teria atacado pessoas e danificado o comércio local. Fico indignada com a demora no atendimento da policia, sendo que estamos numa região central.
 
Ana Paula Pedro Souza em 21/11/2013 18:33:24
Sabem o que é isso? É o resultado do crack. Parabéns aos legisladores que descriminalizaram o uso de drogas, punindo apenas, e por enquanto, o traficante. Vale lembrar que sem usuário, jamais haveria traficante. A pena deve ser igual para usuário e traficante.
 
Adriano Roberto dos Santos em 21/11/2013 18:18:29
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions