A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

15/11/2012 11:19

Moradores das Moreninhas pedem mais operações da PM

Francisco Júnior e Mariana Lopes
Operação foi comentário hoje pela manhã no bairro. (Foto: Rodrigo Pazinato)Operação foi comentário hoje pela manhã no bairro. (Foto: Rodrigo Pazinato)

Os moradores das Moreninhas dizem que já perceberam uma tranquilidade no bairro após a operação da Polícia Militar de combate ao tráfico de drogas realizada na manhã de ontem (14). No total, oito pessoas foram presas e um adolescente apreendido.

Passado um dia da ação policial, não se falava outra coisa na vizinhança. Porém, a maioria das pessoas entrevistas pelo Campo Grande News não mostraram otimismo quanto ao fim da venda de drogas no bairro a partir da operação desta quarta-feira.

A comerciante Fátima Froeder, 51 anos, disse que notou uma movimentação diferente na noite de ontem depois que a Polícia esteve nas Moreninhas. “O clima ficou mais leve”, disse ponderando que a aparente “calmaria não deva durar por muito tempo”, acrescentou.

Geni Moura de Souza, 50 anos, trabalha como monitora em uma escola do bairro e disse que presencia diariamente jovens sobre efeito de drogas. Ela aprovou a ação da PM, mas acredita que só essa investida não vai resolver o problema na região. “ Esse tipo de operação só ameniza por um tempo”.

Mesmo considerando positiva, o aposentado Luiz Carlos , 76 anos, é muito cedo para se comemorar os resultados da operação. Ele disse que percebeu movimentação menos o nas ruas do bairro pós ação da Polícia. “ Essa noite foi de silencio”, diz.

Para o corretor de imóveis, Marcelo Barros, 42 anos, que a Polícia fez ontem, não resolver em nada a criminalidade na região. “Tem presa ontem que já havia sido detida anteriormente. Ficou só três meses na cadeia e já foi liberada”, comenta.

O comerciante Ronaldo Rene, 41 anos, acredita que para o combate do tráfico no bairro as incursões policiais na região teria que ser constantes. “O problema é que faz essas operações muito esporadicamente”, reclama.

Durante a operação, os militares apreenderam uma arma calibre 32, um colete a prova de balas, uma faca, um canivete, balanças de precisão, cartões de crédito, celulares, munições, R$ 4.680 em dinheiro e R$ 200 em cheque. Ao todo, 120 policiais do Cigcoe (Companhia Independente de Policiamento de Crises e Operações Especiais), 10º, 9º e 1º Batalhões, participaram da ação.



Brilhante atuação da Polícia, parabéns a todos os envolvidos na operação!!! digo Polícia porque tal operação, senhoras e senhores que dizem querer segurança, se inicia com a sua denúncia através do 181, como o foi neste caso... não denúncias baseadas em achismos ou fundamentadas no "alguém disse", mas em fatos concretos, nomes, locais, horários... detalhes que somados, subsidiam investigações sérias, que levadas a termo, na forma da lei, trazem os resultados que vossas senhorias dizem esperar... alguém ligou, alguém denunciou, alguém comprometeu parte de seu tempo e de sua atenção, em favor do bem comum... lembre-se, que a vítima de amanhã pode ser você!!! Então sejam otimistas e façam sua parte, provoquem o sistema com vossa denúncia!!! A justiça não acontece, devido nossa omissão... aja!
 
Alexandre Araujo Barbosa em 15/11/2012 13:47:31
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions