A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

26/06/2013 08:00

Moradores garantem que asfalto trouxe até sossego ao Aero Rancho

Mariana Lopes
Moradores garantem que asfalto trouxe até sossego ao Aero Rancho

Com mais da metade das ruas asfaltadas no Aero Rancho, zona sudoeste de Campo Grande, os moradores dizem que as obras de pavimentação e drenagem trouxe até mais sossego ao dia-a-dia do bairro.

A primeira etapa de obras contemplou três setores do maior bairro da cidade, pavimentando 104.573 metros quadrados de ruas e 8.308 metros de sistema de drenagem, e será entregue agora pelo Governo do Estado.

À medida que a terra dava lugar ao asfalto, outras melhorias saltavam aos olhos dos moradores, desde a iluminação pública à segurança na região.

A dona de casa Ivonete Florêncio, de 33 anos, conta que depois que passaram o asfalto, a rua dela ganhou também mais postes de iluminação e os usuários de drogas que rondavam as casas acabaram dispersando.

“Aquele pessoal que ficava nas esquinas fumando, agora não fica mais, sem contar que agora é mais frequente a ronda da polícia por aqui”, ressalta Ivonete, que mora na rua Jornalista Valdir Lago.

Coisas simples, como sentar com a família e os amigos em frente de casa e que antes eram complicadas de serem feitas, agora podem ser desfrutadas com tranquilidade pelos moradores. “Antes a gente engolia poeira se ficasse assim, sentada na calçada de casa”, comenta Ivonete.

Outra vantagem apontada pelos moradores é que o bairro ficou até mais valorizado, já que agora as ruas estão mais limpas. “Parece que as pessoas estão cuidando mais do bairro agora, não espalham lixo por aí, sem contar que não sofremos mais com o poeirão que tinha antes”, comenta a diarista Cenir Barbieri Lopes, de 49 anos.

Ela mora na rua Pirassununga há 25 anos, e conta que antes do asfalto chegar os moradores sofriam em todas as épocas do ano. “Se chovia, a gente tinha que colocar saco plástico para poder sair de casa, e quando não chovia, era aquele dilema com a poeira, não tinha casa que parasse limpa”, conta Cenir.

Entre tantas benfeitorias apontadas, a porteira Selma Bueno Teixeira, 35 anos, sorri ao ver o filho de 6 anos contar com entusiasmo à reportagem do Campo Grande News que agora ele consegue andar de patins pelas ruas do bairro. Em 10 anos que mora no Aero Rancho, ela afirma que agora tem o filho tem mais liberdade para brincar.

Nesta 1ª etapa do projeto de pavimentação e drenagem do bairro Aero Rancho, também foi recapeado 1,2 quilômetros da avenida Raquel de Queiroz, para a felicidade dos motoristas.

“Isso tinha que ser feito na cidade toda”, opina o frentista Claudio Antunes da Silva, de 37 anos. Ele recorda que antes do recapeamento, a avenida era toda remendada e cheia de buracos.

 

A primeira etapa contemplou os setores A, C e D do bairro. E a segunda etapa irá abranger os setores E, F e G. (Foto: Ilustração)A primeira etapa contemplou os setores A, C e D do bairro. E a segunda etapa irá abranger os setores E, F e G. (Foto: Ilustração)

Segundo a diretora da Agesul (Agencia Estadual de Gestão de Empreendimentos), Maria Wilma Casanova Rosa, o processo licitatório para a segunda etapa das obras de asfalto de drenagem no Aero Rancho já foi aberto.

As obras, que contemplam mais dois setores do bairro, têm previsão para começarem em agosto deste ano e terá 46.071 metros quadrados de pavimentação e 3.276 metros de drenagem.

A primeira etapa recebeu R$ 12.940 milhões de investimento, sendo R$ 8,8 milhões provenientes de emenda parlamentar do deputado federal Edson Giroto (PMDB), que agora está à frente da Secretaria de Obras. O governo estadual entrou com o restante, cerca de R$ 4.049 milhões.

Na segunda etapa, de acordo com informações da diretora da Agesul, será investidos R$ 4,9 milhões, sendo R$ 3,8 milhões de recurso federal e mais R$ 1,1 milhão de investimento do Governo do Estado.

A inauguração da obra do bairro Aero Rancho era para ter sido realizada no último dia 21, mas foi adiada por causa da chuva e ainda não há uma nova data definida.

Terminal rodoviário de Campo Grande oferece cartões de Natal gratuitos
A rodoviária de Campo Grande, mais um ano, oferece gratuitamente cartões de Natal gratuitamente para os passageiros que passarem pelo local até o pró...
Universidade do MS recebe certificação de excelência em gestão
Será recebida pela UCDB (Universidade Católica Dom Bosco) em solenidade que acontece na próxima segunda-feira (18) o certificado de excelência em ges...
Águas Guariroba continua com campanha de renegociação de dívidas
Vai até o dia 29 deste mês a campanha "Fique em Dia", realizada pela Águas Guariroba para renegociar as dívidas que os consumidores têm com a empresa...


Somente o cabeça dura do Bernal não vê isso, que asfalto nos bairros traz progresso e segurança, além de comércios que dará retorno fiscal para a prefeitura. Mas fazer o quê né! Ele pensa diferente e até acabou com as licitações da antiga gestão. Talvez um dia ele se lembre que pagamos IPTU para morar na terra, poeira e barro, coisa que ele não precisa se preocupar, pois mora em asfalto.
 
Raquel Solaris em 27/06/2013 10:04:34
Falta agora contemplar o Bairro Monte Castelo... Vila São João Bosco - Quando será que seremos ouvidos. Ofícios, Reivindicação e Manifestos já foram feitos e nada foi resolvido...
 
EZEQUIEL DOS SANTOS em 27/06/2013 09:48:36
Bom mesmo seria se o governador e o prefeito asfaltassem o bairro todo.
 
Wainer Gibim em 26/06/2013 15:19:06
É, muito bom, mas só faltou asfaltar a Raquel de Queiroz inteira, porque os comerciantes e moradores do final da avenida ficaram na buraqueira do mesmo jeito... É só ir dar uma olhada na avenida Raquel de Queiroz direção a rua da Divisão.

 
Fabiana Mendes em 26/06/2013 15:16:16
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions