ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JUNHO, TERÇA  25    CAMPO GRANDE 29º

Capital

Moradores reclamam de carros alegóricos deixados em canteiro desde Carnaval

Segundo moradores, local se tornou acumulado de lixo; presidente de escola diz que pretende realocar os carros

Idaicy Solano e Mariely Barros | 18/07/2023 13:45
Carros alegóricos foram deixados em canteiro na Vila Sobrinho; presidente de escola afirma que não tem onde deixar. (Foto: Mariely Barros)
Carros alegóricos foram deixados em canteiro na Vila Sobrinho; presidente de escola afirma que não tem onde deixar. (Foto: Mariely Barros)

Carros alegóricos deixados em um canteiro entre as Ruas Aeroclube e Luiz Fernando Fernandes, no Bairro Vila Sobrinho, em Campo Grande, logo após encerrarem os desfiles do Carnaval de 2023, em março, continuam no local. Na manhã desta terça-feira (18), a equipe de reportagem do Campo Grande News esteve no local e foi informada que os carros pertencem à escola de samba Igrejinha, e estão ali porque o grupo não possui galpão para armazenar as alegorias.

A presidente da escola Marisa Ocampos, 59 anos, explica que deu entrada na Prefeitura de Campo Grande para reivindicar um espaço e que, no início do ano, o Executivo informou que cederia um local para o grupo. Já se passaram cerca de cinco meses, desde o Carnaval, mas não há previsão de local. "É um processo burocrático muito grande”.

Sem um destino certo, as alegorias se tornaram um transtorno para os moradores da região. A dona de uma academia em frente ao canteiro, Rebeca Lopes, 29 anos, relatou para a reportagem que o local virou um acumulado de lixo desde que os carros foram deixados ali.

Segundo relato da empresária, os carros alegóricos atrapalham o fluxo de clientes do local, além de ocupar uma área de uso coletivo. O canteiro, segundo ela, era cuidado pela família, que até chegou a plantar árvores e cortar a grama.

Rebeca lamenta a situação atual do local e da escola. “Eu não vou ao carnaval porque sou evangélica, mas sou a favor porque movimenta a economia e faz parte da nossa cultura. A prefeitura deveria dar um respaldo para a escola e um lugar mais confortável para trabalharem”.

Gláucia aponta para canteiro onde estão armazenados os carros alegóricos; cuidadora relata que local se tornou acumulado de lixo (Foto: Mariely Barros)
Gláucia aponta para canteiro onde estão armazenados os carros alegóricos; cuidadora relata que local se tornou acumulado de lixo (Foto: Mariely Barros)

A cuidadora de idosos Gláucia Duarte, 58 anos, relatou que pessoas em situação de rua costumam dormir dentro dos carros e acumular lixo, que se torna um problema em período chuvosos por conta do acúmulo de água parada. "Se não tem onde colocar, desmancha e monta de novo no Carnaval, porque isso está muito feio e perigoso na rua", opina.

A presidente da escola, Marisa Ocampos, declara que não tem a intenção de causar desavenças com a vizinhança. Por isso está à procura de um terreno para alugar enquanto aguardam os trâmites com a prefeitura. "A intenção não é atrapalhar nem incomodar ninguém, a gente só tá ali porque não tem conseguido espaço".

De acordo com a presidente, um dos membros da organização da escola mora no local e cuida da manutenção e limpeza do canteiro e dos carros alegóricos. A previsão é de realocar os carros até o início de agosto.

A reportagem procurou a prefeitura, que não se manifestou até a publicação da matéria.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para entrar na lista VIP do Campo Grande News.

Confira a galeria de imagens:

  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
Nos siga no Google Notícias