A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

09/12/2012 14:18

Moradores tentam ocupar área pública e polícia intervém

Mariana Lopes e Luciana Brazil
No papel, os moradores que são contrários a ocupação mostram a planta do loteamento (Fotos: Luciano Muta)No papel, os moradores que são contrários a ocupação mostram a planta do loteamento (Fotos: Luciano Muta)

Um grupo de aproximadamente 22 moradores foi denunciado por tentar invadir uma área pública no bairro Nova Bahia. A Polícia Militar foi acionada por outras pessoas que também moram na região para intervir na demarcação do loteamento, realizada na manhã deste domingo.

O caso despertou revolta e indignação em vários outros moradores, que pedem a construção de uma praça no local. De acordo com o eletrecitário José Luiz Moreira, 40 anos, o responsável pelo loteamento teria dito ao grupo que a construção de casas no terreno valorizaria os imóveis, por isso seria um bom negócio.

“Mas as pessoas estão sendo iludidas por ele, alertou o aposentado Félix Adernival, 61 anos, que deixou bem claro que irá correr atrás dos direitos para prevenir que o terreno seja ocupado desta forma e loteado.

José Luiz afirma ainda que a presidente da Associação dos Moradores do Nova Bahia protocolou vários documentos na Semadur (Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano) e na Guarda Municipal contra a ocupação ameaçada pelo grupo.

O construtor civil José Roberto Ferreira, 57 anos, disse que a pessoa que está comandando o grupo fez um mapa de como seria a construção das casas no terreno e contratou um engenheiro para fazer as demarcações. Segundo os moradores que denunciaram, foi cobrado R$ 200 de cada “proprietário” dos lotes.

A esposa de José Roberto é um das moradoras que está envolvida no esquema, porém, de acordo com o construtor civil, contra a vontade dele, e ela chegou a pagar o valor cobrado pelo serviço e afirmou que ainda terá que pagar mais R$ 300 por outros serviços burocráticos.

Quem tomou a iniciativa de ligar para a Polícia Militar foi a dona de casa Marina Melo Carvalho, 45 anos. Ela conta que o morador que comanda a situação tem passagem por apropriação indébita. A preocupação dela é de que, se nada for feito, a situação se tornar comum. “Vai virar palhaçada, todo mundo pegando área pública para vai ocupar”, comentou.

De acordo com os moradores do bairro, o organizador da ocupação chama-se Urias Rocha, 50 anos, que não estava no local quando a equipe do Campo Grande News foi ao bairro.

Em contato por telefone, Urias confirmou o envolvimento no caso e disse que esse problema ainda vai perdurar. “Vamos ocupar a área de um jeito ou de outro, está decidido”, afirma.

Ele mora no bairro há 24 anos e disse que resolveu tomar essa atitude em protesto. “Tem mais 100 terrenos de área pública que estão ocupados aqui, inclusive por políticos, e esse espaço está tomado pelo mato, meu filho, inclusive, já foi assaltado próximo ao terreno”, contou.

Sobre o dinheiro cobrado, Urias afirma que o grupo fez uma vaquinha entre os moradores para pagar o engenheiro, mas que apenas seis, dos 22 moradores envolvidos, pagaram a taxa cobrada.

Uria enfatiza ainda que as casas construídas no local serão para parentes dos moradores envolvidos. “Todos moram no bairro há mais de 20 anos, nós só queremos ocupar a área e ajudar quem precisar”, reforça.



Entre ficar abandonada, sujeita somente a crescer o mato, sendo por isso um possivel local de desocupados , bandidos e bichos peçonhentos...na esperança de um dia construirem uma praça...que alias, aqui no bairro, mesmos as praças estão muito abandonadas ,em relação a limpeza publica, que antes era efetuada com mais frequencia, agora , só aleatoriamente....eu concordo com a ocupação....porém, que ela ocorra de uma maneira organizada, sem badernas!!!...Aos que encabeçam esse movimento, espero a idoneidade tipica de pessoas honestas...espero que não se aproveitem daqueles que realmente precisam de um espaço p morar.....e daqueles q ocuparão esses terrenos, espero que vocês possam ser unidos, para poderem juntos enfrentar todas as adversidades e que, posteriormente,cumpram com seus deveres!
 
Marcia Mastroyannis em 13/12/2012 19:27:45
- Tenho imóvel na Nova Bahia, vejo que tem áreas que esta sendo construída praças, mas com verbas de um único Morador de nome Nereu Rios, que esta tirando dinheiro de seu bolsa para preservar um bem público, temos POSTO DE SAÚDE, UMA ESCOLA JÁ "OCUPADA", CRECHES E MAIS 7 ÁREAS VERDES, agora, nessa outra região esta a mais de 30 anos abandonado com matos e consumistas de drogas a noite, LITERALMENTE ABANDONADO MESMO, PREFIRO GENTE MORANDO POR LÁ, e pelo que sei Urias não vai ter lote no local, quer apenas urbanizar a área com moradores cidadão do envolto da área. Portanto precisamos apoiar Urias e inclusive se ele se candidatar a presidência do Bairro já tem meu voto. quero conhece-lo. Temos praça, posto de saúde, Creche e Escola que foi doada para maçonaria, e mais sete áreas verdes.
 
NILTON SOUZA DIAS em 10/12/2012 11:50:54
Dou toda razão ao Sr. José Luiz, pois dessa forma fica fácil, vou "pegar" um terreno público desocupado na região da Chácara Cachoeira, Jardim do Estados, Autonomista, tomá-lo como meu, construir e morar por lá. Entendo que a decisão de tratar áreas públicas desocupadas, ocorre de acordo as prioridades dos gestores públicos, sendo estes nossos representantes na sociedade organizada, portanto, quem esteja descontente, procure melhorar o voto e não trocá-lo por trocados. Bagunça, por bagunça, também quero um terreno no local, já que embora hoje resida do outro lado da cidade, já morei mais de vinte anos no Nova Bahia e gostaria de um terreno para meu filho. Tenho mesmo "direito". Parabéns ao CG news pela matéria, agora deêm continuidade e procurem o gestor público para se posicionar.
 
Reinaldo Fernandes em 10/12/2012 10:10:58
- Acho que essa área deve sim ser ocupada, esta abandonada a mais de 30 anos sem nenhum beneficio do poder público, essas três pessoas que são contra são criminosos do
bairro recriminados por nós, o Jose´Roberto é um covarde que vive espancando sua esposa, o Felix priva sua mãe idosa de ver os netos e trata sua mãe como uma débil mental. Já esse Tal Zé Luiz é considerado "louco" por todos os vizinhos. Os tres ficaram de fora da ocupação por apresentar distúrbios moral e por isso esta agindo de má fé, inclusive foi filmado o Os dois José's arrancando os piquetes. Políticos podem ocupar áreas imensas e ninguem vai lá tirar ele, agora moradores que querem seus filhos instalados com dignidade não tem esse direito- Sou morador e apoio a ocupação da área para construção de casas sim!
 
Doroteu Centurion em 10/12/2012 08:46:16
Realmente o mato as vezes toma conta, e, vez de mato sou a fim de coloquem pessoas que precisem morando nesses lugares. Concordo plenamente, para que serve um terreno baldio?
 
Célia Campos em 10/12/2012 08:37:09
Vejam só mais um caso de um "aproveitador" querendo se dar bem com propriedades públicas, isso não pode acontecer, nós moradores temos que impedir esse tipo de coisa com uma associação mais atuante. Com certeza esse Sr. Urias é um cidadão querendo se dar bem para obter um lote e construir um "boteco" para vender cachaça.

Isso não pode acontece!!!!!!


 
Ricardo Brandão em 10/12/2012 08:27:05
este problema de invasão, vai ser resolvido a longo prazo si a gente não acordar. O Brasil tem que ser educado em relação a natalidade. Mais pessoas nascem, mais nescessidade de casas e por consequencia mais loteamentos.
 
Gilberto DIAS em 10/12/2012 04:30:09
Se a moda pega vai ter muito espertinho querendo se dar bem a propriedade coletiva. No Iracy Coelho já tem uma ocupação desordenada que deve ser irregular mas ninguém toma providências. Cadê as autoridades?
 
Jair de Oliveira em 09/12/2012 22:43:22
Isso não pode acontecer invasão é crime!!! se for envadir tem que prender esse grupo, já imaginou se a moda pega...vai ter casa construida até em rotatorias, espero que a administração tome frente disso e não deixe isso acontecer...esse povo não poder fazer isso, falta de vergonha envadir um bem que é de todos....
 
Marcell Marcio Micheletti em 09/12/2012 15:57:13
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions