A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

20/09/2012 13:59

Morre desembargadora Marilza Fortes; a 3ª mulher no Tribunal de Justiça de MS

Nadyenka Castro

Velório está marcado para começar às 17 horas. Ainda não há detalhes das causas

Marilza Lúcia Fortes era magistrada desde setembro de 1980. (Foto: Arquivo)Marilza Lúcia Fortes era magistrada desde setembro de 1980. (Foto: Arquivo)

A desembargadora Marilza Lúcia Fortes, 66 anos, do TJMS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul), morreu nesta quinta-feira. O velório está marcado para começar às 19 horas no saguão do Tribunal, que fica no Parque dos Poderes, em Campo Grande.

Marilza foi a terceira mulher desembargadora do TJMS. Ela ingressou na magistratura em setembro de 1980 e desde março de 2006 ocupa um assento no TJMS.

A desembargadora luta há bastante tempo contra o câncer, que se iniciou nas mamas e atingiu outros órgãos. Ela estava internada desde o início da semana.

Desde que entrou na magistratura até a posse no Tribunal, Marilza atuou como juíza auditora da Justiça Militar. Em dezembro de 2005, ela foi empossada presidente da Associação dos Magistrados das Justiças Militares Estaduais, sendo a segunda mulher e a primeira magistrada de MS a assumir a cadeira da presidência da Associação desde sua criação, em 1985.

Sobre o fato de ser a terceira mulher a ocupar um dos mais altos cargos do Judiciário Sul-mato-grossense, ela interpretou o fato como uma conquista feminina. “Com o atual quadro de mulheres na judicatura de MS, creio que mais seguirão meu exemplo e da Des. Tânia em um espaço de tempo menor”, disse ela pouco antes da posse.

Em abril de 2004, a juíza recebeu o título de cidadã sul-mato-grossense por, entre tantas lutas, ter sido a primeira juíza auditora do Estado, a primeira coordenadora do curso de Direito da Faculdade de Direito de Campo Grande e ocupou o primeiro cargo de chefe de Departamento Jurídico do Sistema Penitenciário.

Depois de tantos anos à frente da Auditoria Militar, na Capital, Marilza ficou conhecida como mão dura pelos policiais.



É COM PESAR E TRISTEZA QUE RECEBO ESSA NOTICIA, POIS DIGO ASSIM DE PASSAGEM, QUE A DR MARILZA FOI UMA GRANDE GUERREIRA, MULHER BATALHADORA DE CORAÇÃO MUITO BOM, QUE DEUS A RECEBA EM UM BOM LUGAR, MEUS SENTIMENTOS A TODA A FAMÍLIA..
 
SGT BM LAURO PEREIRA em 21/09/2012 08:48:00
Lamentável o comentário do Sr. José Maria.
Pêsames à família.
 
Christian da Costa em 20/09/2012 08:02:50
Dra. Marilza - Desembargadora.

Grande mulher, lutou muito em sua vida, nossos sentimentos a seus familiares, deixa muitas saudades de todos da área Jurídica de MS.


Albino Romero -OAB/MS 3022
 
albino romero - advogado em 20/09/2012 04:55:20
É sr° Jose Maria, assim com ele errou vc tb tem seus erros Sr° Rafael Santos. Errar é humano e nao podemos ir condenando de tal forma, para vc a falecidade tem vinculo de afetividade, mas para gde maioria nao, de qualquer forma meus pesames.
 
marcia dias em 20/09/2012 04:10:17
recebo essa noticia com muita tristeza,tive o prazer de conviver com ela, pessoa de um coração imenso,lutou com muita força contra essa doença! descance em paz Doutora..Meus sentimentos a familia.
 
Andréia Pereira em 20/09/2012 03:51:39
Respondendo a desinformada Sra. José Maria Toledo, que pelo visto não respeita sentimentos alheios. O expediente foi suspenso em 1ª e 2ª instância na comarca de Campo Grande. As demais comarcas funcionam normalmente, o que foi decretado por três dias foi luto oficial, o que é diferente de suspender expediente. E caso você Maria José precise da justiça até amanhã basta acionar o plantão judicial.
 
Rafael Santos em 20/09/2012 03:47:09
O comentarista abaixo está mal informado. O Poder Judiciário somente suspendeu o expediente no período vespertino de hoje e somente na Comarca de Campo Grande. É preciso ter certeza do que se fala.
 
Michele Campos em 20/09/2012 03:37:27
Que Deus a receba sorrindo no céu minha amiga, minha comadre, voce fará muita falta e trará muita saudade, mas so sentimos saudade do que é bom e voce foi ótima, vá em paz minha amiga !!!
 
valdeni fernandes em 20/09/2012 03:35:46
Que a prezada colega descanse em paz! Fez de sua vida um exemplo de luta diária! O fechamento do fórum, em meio período, é mais do que justo em honra à sua memória e à sua história. Triste do país que coloca "interesses pessoais" no lugar do respeito às pessoas.
 
Roberto Ferreira Filho em 20/09/2012 03:34:13
É com pesar que recebo tal notícia, pois tive a oportunidade de presenciar a forma firme, educada e justa que sempre nortearam as açoes dessa ilustre Magistrada.
 
Rui Gibim Lacerda em 20/09/2012 02:59:28
Uma mulher batalhadora, uma rocha com brilho do puro cristal. Nossos sentimentos aos familiares e amigos.
 
Julio Nogueira em 20/09/2012 02:56:33
Senhores, indago o que tem a ver toda a população do estado com o falecimento de uma servidora pública?
Por que tem de parar tudo, audiências, julgamentos etc?
Respeitamos a pessoa falecida, mas parar o Judiciário do Estado todo é o fim do mundo.
 
josé maria toledo em 20/09/2012 02:32:00
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions