A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 18 de Outubro de 2019

05/06/2019 18:34

Morre Sarah Figueiró, uma das fundadoras da Rede Feminina de Combate ao Câncer

Artista foi benemérita da instituição que gere o Hospital de Câncer e também teve forte presença no cenário artístico de MS

Humberto Marques
Sarah Figueiró havia sido internada em 25 de maio e faleceu em virtude de infecção pulmonar. (Foto: Divulgação)Sarah Figueiró havia sido internada em 25 de maio e faleceu em virtude de infecção pulmonar. (Foto: Divulgação)

Faleceu em Campo Grande nesta quarta-feira (5), aos 85 anos, a artista Sarah Abussafi Figueiró, uma das fundadores da Rede Feminina de Combate ao Câncer e do Hospital de Câncer Alfredo Abrão. Ela estava internada desde 25 de maio e enfrentava complicações de uma infecção pulmonar.

Sarah Figueiró foi uma “grande incentivadora da arte e da cultura em nosso Estado”, conforme nota divulgada em redes sociais pelo Marco (Museu de Arte Contemporânea), em cuja sede –na Rua Antônio Maria Coelho, dentro do Parque das Nações Indígenas, em Campo Grande– acontece o velório.

Ela foi presidente da Associação Artístico e Cultural de Mato Grosso do Sul, da Associação dos Pintores de Porcelana e da Associação Sul-Mato-Grossense dos Profissionais de Dança –onde colaborou com a regulação da categoria e organizou vários festivais.

Também em nota, a Fundação Carmem Prudente de Mato Grosso do Sul (a Rede Feminina de Combate ao Câncer) e o HCAA manifestaram “o mais profundo pesar” pelo falecimento. Sarah foi lembrada como “grande benemérita” e fundadora da rede, “auxiliando grandemente os pacientes com câncer do Estado que não tinham acesso a tratamentos”.

O sepultamento foi marcado para as 9h desta quinta-feira (6), no Cemitério Santo Antônio.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions