A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 16 de Janeiro de 2019

23/05/2017 16:31

Motorista ferido em acidente aguarda resultado de exames, mas passa bem

Ewerton aguarda reavaliação da equipe de ortopedia do hospital após resultado de raio-x por conta da suspeita de uma fratura na perna direita

Adriano Fernandes
Resgate à vítima em meio as ferragens do caminhão após a colisão frontal. (Foto: Yarima Mechi) Resgate à vítima em meio as ferragens do caminhão após a colisão frontal. (Foto: Yarima Mechi)

 É estável o estado de saúde de Ewerton Welzel, 32 anos, motorista da carreta que bateu de frente com um caminhão, na manhã desta terça-feira (23), no km 479 da BR-163, no anel rodoviário de Campo Grande.

Ele segue internado na área verde da unidade – destinada a pacientes em observação por menor gravidade do tratamento -, consciente e orientado. Por conta da suspeita de uma fratura na pena direita, ele também aguarda a reavaliação da equipe de ortopedia da Santa Casa, após o resultado de um raio-x.

Ewerton também teve um TCE (Traumatismo Cranioencefálico) leve, mas fez tomografia e foi liberado pela equipe de neurologia do hospital. Ele teve várias escoriações pelo corpo depois de ter ficado cerca de meia-hora preso às ferragens do caminhão, mas os ferimentos foram suturados e não oferecem maior risco.

Acidente - De acordo com testemunhas, o motorista de um caminhão caçamba Júnior Henrique (que não teve ferimentos) seguia no caminhão carregado com 29 toneladas de petróleo, quando bateu de frente com a carreta conduzida por Ewerton.

Após a colisão, houve principio de incêndio que foi controlado por equipes da CCR MS Via, concessionária que administra a rodovia. Ewerton havia acabado de descarregar a carga de soja no Bairro Indubrasil e voltava para a casa em São Gabriel do Oeste.

Equipes do Corpo de Bombeiros tiveram que usar desencarcerador para fazer o resgate dele, que durou cerca de trinta minutos. O mecânico Artêmio Almeida, 48 anos, conta que uma picape da concessionária fazia a manutenção da pista sem sinalização adequada.

O motorista da caçamba foi desviar, entrou na contramão e acabou batendo de frente com outro veículo. A frente da carreta ficou totalmente destruída. A carga de petróleo se espalhou pela pista.
A CCRMsVia não confirmou as causas do acidente à reportagem.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions