A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

22/09/2011 09:46

Motorista fura preferencial e provoca capotamento no Jardim Eldorado na Capital

Francisco Júnior e Paula Vitorino

O acidente aconteceu no cruzamento da rua Anita Garibaldi com a Adriano Metelo. O Fiat Uno capotou após atingindo por um Sandero

O acidente aconteceu no cruzamento da rua Anita Garibaldi com a Adriano Metelo. O Fiat Uno capotou após ser atingindo por um Sandero. (Foto: João Garrigó)O acidente aconteceu no cruzamento da rua Anita Garibaldi com a Adriano Metelo. O Fiat Uno capotou após ser atingindo por um Sandero. (Foto: João Garrigó)

Um veículo Fiat Uno capotou por volta das 8h30 desta quinta-feira no Jardim Eldorado, em Campo Grande. O condutor, Marcos Roberto Ferreira, 44 anos, sofreu traumatismo craniano.

O acidente aconteceu no cruzamento da rua Anita Garibaldi com a Adriano Metelo. O Fiat Uno capotou após ser atingindo por um Sandero, conduzido por Nelson de Almeida, 36 anos, que de acordo com testemunhas, não respeitou a preferencial. “Eu não sou desse bairro e não conheço as ruas. Não tinha sinal de pare e eu passei”, justificou.

Após capotar, o Fiat Uno parou 10 metros do local da colisão. Ferreira teve que ser encaminhado para a Santa Casa.

Para a aposentada Marlene Rosa de Oliveira, 68 anos, que mora próximo do local do acidente, a falta de sinalização e a imprudência dos motoristas são as principais causas de colisão no cruzamento. “Falta sinalização, mas o motorista também precisa ter mais atenção”.

Homem de 30 anos é esfaqueado e fica em estado grave
Bartolomeu Gomes de Araújo Barbosa, 30 anos, ficou gravemente ferido após ser atingido a golpes de faca no abdômen, na noite de ontem (12), na Rua Bo...
Após documento vazar, Sesau diz que hemogramas não foram suspensos
A Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) afirmou que os hemogramas continuam sendo feitos na rede pública de saúde de Campo Grande. A informação inici...


A rua Anita Garibaldi está completamente sem sinalização, é frequente batidas leves na minha esquina, pois o EXCESSO DE VELOCIDADE nas vias que cruzam ela, que não da pra entender, pois são ruas curtas, nenhuma preferencial, tirando as principais que são 2, ninguém respeita mesmo quando tinha placa, que foi arrancada em acidente.
 
Paulo Regis em 22/09/2011 12:36:34
Além de falta de sinalização em alguns casos, o que mais causa acidentes em Campo Grande é a falta de respeito dos condutores para com seu próximo. Mas, fazer o quê se não há leis que realmente impeçam estes maus condutores de pegar suas armas na garagem e sair pelas ruas causando acidentes!?
 
Wellington Sampaio em 22/09/2011 11:36:04
Olá senhores eu tenho uma opiniao comigo e gostaria de compartilha-la.
os veiculos auto motores tambem deveriam ser enquadrado na lei de desarmamento e para ter direito a possuir este tipo de arma ter licença da policia federal , porque os veiculos auto motores matam mais do que arma de fogo e mais que qualquer artilharia de guerra!

sou motorista tenho carro mas respeito o meu proximo !
 
necieme l. peres em 22/09/2011 11:18:30
Eu não sabia que as leis de trânsito mudam de acordo com o bairro. Até onde me ensinaram na auto-escola a 17 anos atrás, as leis era iguais em qualquer ponto da cidade, do estado e do país.
 
bruno Nodes em 22/09/2011 10:48:14
É um absurdo isso,se eu vou dirigir num bairro que não conheço,ai sim que devo redobrar meus cuidados, o trânsito é questão de respeito,mesmo que não tem sinalização,devo parar nas esquinas,se continuar assim,o trânsito em CG vai matar mais do que uma guerra,e é fácil também,culpar as autoridades,mas a maioria da culpa ainda é do motorista.
 
william rocha em 22/09/2011 10:33:26
Se ele não conhece o bairro aí é que deveria ter cuidado redobrado e não esta imaturidade e irresponsabilidade que que deixou um trabalhador hospitalizado.... Essa desculpa não colou!!!!!!!!!!! CARRO NÃO É ARMA!!!!!!
 
renato beltrao em 22/09/2011 10:00:33
Acho engraçado esses comentários, o povo tem que respeitar o próximo, RESPEITE AS LEIS PRIMEIRO, depois cobre respeito do próximo, campo grandense no transito se acha muito cheio de direitos, anda fazendo C...gada a toda esquina, tem que aprender a dirigir, respeitar as leis e depois querer ser respeitado!
 
Paulo Régis em 22/09/2011 06:49:57
Pior do que não respeitar uma regra no transito, é não respeitar o outro, a vida do outro. Todos os dias lemos ou vemos notícias de acidente por falta de respeito. É uma vergonha. Autoridade não tem culpa da falta de educação dos monstros que dirigem pela nossa cidade. Deprimente!
 
Renata Santos em 22/09/2011 02:42:37
Eu dirijo desde os meus 18 anos, e graças a Deus nunca sofri um acidente, ou causei algum, eu aprendi a dirigir com meu pai, que também nunca sofreu ou causou um acidente.
E quando visito um bairro, ou local onde não conheço, eu tiro o pé, e paro a cada esquina, pois nos bairros o trânsito fica mais perigoso, pois tem mais crianças, ciclistas e pedestres e as sinalizações são bem escassas !!!
 
Ulisses Vicente em 22/09/2011 01:08:31
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions