ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
FEVEREIRO, QUARTA  21    CAMPO GRANDE 22º

Capital

MS fará permuta com outros estados para resolver falta de material de DNA

Luana Rodrigues e Leonardo Rocha | 02/07/2015 10:42
Silvio Maluf falou sobre as medidas adotadas para resolver problema do IMOL (Foto: Marcos Ermínio)
Silvio Maluf falou sobre as medidas adotadas para resolver problema do IMOL (Foto: Marcos Ermínio)

Produto usado nos testes de DNA, que está em falta em Mato Grosso do Sul desde o início de 2015, será adquirido em estados vizinhos por meio de permuta, até que o processo de importação seja finalizado, segundo informou na manhã desta quinta-feira(02), o secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública, Silvio Maluf.

"Não contávamos com o fato de haver pouco estoque ea demora na liberação para importação, mas o pedido foi feito dentro do prazo", explicou o secretário, dizendo que os reagentes comprados pelo Governo já estão no Brasil, aguardando a pós-liberação da alfandega, portanto a medida de permuta é emergencial.

Questionado sobre a estrutura precária do IMOL(Instituto de Medicina e Odontologia Legal), o secretário explicou que a reorganização está sendo realizada primeiramente na parte interna dos órgão de perícia. "A Polícia Civil também fará um reexame de toda a sua legislação para que sejam melhor discutidas questões referentes ao IMOL", afirmou.

Atraso - No início deste mês, o Campo Grande News apurou que 253 casos estavam emperrados nas delegacias de Polícia Civil da Capital, porque os delegados precisavam dos resultados dos laudos de exames de DNA para solucioná-los, os dados são da Associação de Peritos Oficiais do Estado.

Nos siga no Google Notícias