ACOMPANHE-NOS    
JUNHO, TERÇA  28    CAMPO GRANDE 28º

Capital

MS fará permuta com outros estados para resolver falta de material de DNA

Por Luana Rodrigues e Leonardo Rocha | 02/07/2015 10:42
Silvio Maluf falou sobre as medidas adotadas para resolver problema do IMOL (Foto: Marcos Ermínio)
Silvio Maluf falou sobre as medidas adotadas para resolver problema do IMOL (Foto: Marcos Ermínio)

Produto usado nos testes de DNA, que está em falta em Mato Grosso do Sul desde o início de 2015, será adquirido em estados vizinhos por meio de permuta, até que o processo de importação seja finalizado, segundo informou na manhã desta quinta-feira(02), o secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública, Silvio Maluf.

"Não contávamos com o fato de haver pouco estoque ea demora na liberação para importação, mas o pedido foi feito dentro do prazo", explicou o secretário, dizendo que os reagentes comprados pelo Governo já estão no Brasil, aguardando a pós-liberação da alfandega, portanto a medida de permuta é emergencial.

Questionado sobre a estrutura precária do IMOL(Instituto de Medicina e Odontologia Legal), o secretário explicou que a reorganização está sendo realizada primeiramente na parte interna dos órgão de perícia. "A Polícia Civil também fará um reexame de toda a sua legislação para que sejam melhor discutidas questões referentes ao IMOL", afirmou.

Atraso - No início deste mês, o Campo Grande News apurou que 253 casos estavam emperrados nas delegacias de Polícia Civil da Capital, porque os delegados precisavam dos resultados dos laudos de exames de DNA para solucioná-los, os dados são da Associação de Peritos Oficiais do Estado.

Nos siga no Google Notícias