A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

22/08/2011 17:43

Mulher avisou Polícia em junho que ex-marido iria ao lava-jato matá-la

Nadyenka Castro

Foi a última denúncia que Zilda fez de Edvaldo, entre cinco, desde 2009

Indignada, Zilda questionou por que o ex-marido foi solto. (Foto: João Garrigó)Indignada, Zilda questionou por que o ex-marido foi solto. (Foto: João Garrigó)

Em 27 de junho deste ano, Zilda de Fátima Netto, de 36 anos, avisou a Polícia que o ex-marido, Edvaldo Bastos Correia, de 55 anos, morto nesta segunda-feira, havia lhe dito que iria ao lava-jato matá-la.

Esta foi a última denúncia que Zilda fez a Polícia Civil sobre seu ex-marido. Desde 2009 ela leva ao conhecimento da Polícia as ameaças feitas por Edvaldo.

Zilda e Edvaldo foram casados por 15 anos e têm um filho em comum. Há dois anos eles se separaram e ele, conforme relato dela, não aceitando o fim do relacionamento, passou a ameaça-la. “Ele me ameaça diariamente. Eu não tinha paz”, conta.

De março de 2009 a junho deste ano, Zilda registrou cinco boletins de ocorrência contra Edvaldo, todos por ameaça. E a situação vivida pela mulher era conhecida por moradores do bairro Nova Lima, onde fica o lava-jato de propriedade dela.

“Ele passava aqui direto, várias vezes ao dia, com motos diferentes, para ver o movimento. Liga até na minha mercearia para saber”, conta uma comerciante que preferiu não se identificar.

As denúncias feitas por Zilda levavam Edvaldo à prisão. Mas eram apenas ‘visitas breves’ à cadeia. Em uma de suas solturas, fez acordo com a Justiça de permanecer distante da mulher, mas, não cumpriu.

Em 16 de dezembro do ano passado tentou colocar fogo no carro de Zilda. Foi até a casa onde eles tinham morado e jogou duas garrafas com gasolina no veículo. Ela viu e impediu que pegasse fogo, mas, o automóvel ficou danificado.

Edvaldo foi morto com um tiro quando foi ao lava-jato da ex-mulher tentar matá-la. (Foto: João Garrigó)Edvaldo foi morto com um tiro quando foi ao lava-jato da ex-mulher tentar matá-la. (Foto: João Garrigó)

Segundo ela contou à Polícia na época, Edvaldo já havia avisado iria colocar fogo no carro e também na casa, se ela não se mudasse de lá antes mesmo do imóvel ser vendido.

Em 5 de janeiro deste ano, Edvaldo voltou à casa e colocou fogo no veículo, o qual ficou totalmente destruído. Sete dias depois ele foi preso, mas, foi colocado em liberdade em 8 de fevereiro.

No dia 22 de junho alertou Zilda que iria ao lava-jato mata-la. Cinco dias depois ela avisou a Polícia e no início da tarde desta segunda-feira Edvaldo foi cumprir com a promessa, mas o revólver 38 que utilizava falhou, o atual marido de Zilda, Leandro Macedo, entrou em luta com ele, o desarmou e o matou com um tiro.

Ao voltar ao local de trabalho e ver o corpo do ex-companheiro, Zilda, aos prantos, questionou. “Por que a Justiça não deixou esse homem preso?”.



É isso que nossa justiça quer, que façamos a nossa justiça.
Quando denunciamos alguém, com essa nova lei, o denunciado não fica preso, e quem denuncia não tem segurança. Então o melhor que temos a fazer é quando sentirmos ameaçados, que façamos nossa própria segurança,pois DH nesse país é para proteção de bandidos, cadê que foram socorrer essa pobre mulher, de tantas queixas e pedidos de socorro?
Agorta o atual marido dessa mulher, irá a juri popular, e tenho a certeza que o povo Campograndense irá absolvê-lo por ligitíma defesa de terceiros. E teremos que nos armar para fazermos nossa própria segurança, já que nesse Estado sem-lei, se defenda quem puder. A polícia só aparece para fazer o levantamento após morte.
 
kamél El Kadri em 23/08/2011 12:08:36
Bem tema de novela mesmo.
Mas ainda acho que a historia esta muito mal contada ou fantasiosa demais.
Vamos esperar os próximos capítulos...
 
Antônio Marcos Alencar em 23/08/2011 11:30:51
DO QUE ESTA MULHER ESTÁ RECLAMANDO. NÃO ERA ISSO QUE ELA QUERIA???
O EX-MARIDO NÃO VAI MAIS IMPORTUNAR.
O ATUAL É BRAVO E RESOLVE O ASSUNTO.
O LAVA-JATO É DELA.
NÃO VAI PRECISAR FICAR RECLAMANDO QUE A POLÍCIA NÃO FAZ NADA.
AGORA, VÊ SE ESCOLHE MARIDO DECENTE!!!!
 
ABMAEL PEREIRA em 23/08/2011 10:52:23
Bom, agora já sei o que vai acontecer: o atual marido será preso por ter matado o ex.
E a Zilda vai acabar ficando sozinha...É assim que funciona a justiça no Brasil !
 
Ricardo Schell em 23/08/2011 10:43:34
Isso foi algum tipo de cronica? interessante o texto. Resumindo: Se apeguem a Deus, pois nossa sociedade já esta morta!
 
Thiego Pacheco em 23/08/2011 09:51:03
Será que é essa verdade? ninguem fica com tanta raiva de vingaça assim, do nada só porque perdeu, sabe lá sw essa senhora não aprontou com o ex- marido, e depois deu uma de coitada, coitado é do filho que as vezes por uma safadesa da mãe está sofrendo realmente, não juguel o que morreu, deve ter sido traido ou outra coisa assim, cuidado no comentários de voces.
 
José Evandro Ribeiro em 23/08/2011 09:32:49
Cara isso parece coisa de novela "Insensato Coração". uau..
 
jose carlos em 23/08/2011 08:44:17
Deu no que deu, já que a justiça não fez nada p/manter esse covarde atrás das grades, o atual marido da Dona Zilda foi obrigado a fazer justiça com as próprias mãos. Sr Leandro, coragem, Deus vai ajudá-lo, pois tenho certeza que o sr. não faria isso se não se visse obrigado a fazer.Creia em Deus.....
 
Rosangela Carvalho em 23/08/2011 08:39:26
É UMA SITUAÇAO QUE CARECE TODO CUIDADO ANTES DE SEFAZER QUALQUER COMENTARIO. POR EXEMPLO: NAO SABEMOS O MOTIVO DA SEPARAÇAO DO CASAL, ZILDA POR SUA VEZ JA TEM UM COMPANHEIRO (DIREITO DELA LÓGICO),PORÉM NAO SABEMOS TAMBEM O MOTIVO DA INCOMFORMAÇAO DO SEU MARIDO, ALGUM MOTIVO DEVERIA HAVER PARA ESTAR REVOLTADO PARECENDO COM SUAS ATITUDES QUERER VINGANÇA. ESSE É O QUADRO QUE ACONTECE SEMPRE FAMILIAS DESTRUIDAS MUITAS DAS VEZES POR FALTA DO PERDÃO. FICA AÍ UMA QUESTAO PARA SE PENSAR "ONDE EXISTE O VERDADEIRO AMOR DEVE EXISTIR O PERDAO", MAS A GRANDE VERDADE É QUE DIFICILMENTE ESTAMOS DISPOSTOS A PERDOAR , MAS QUEREMOS SER PERDOADOS. EM TODA ESSA SITUAÇAO QUEM PERDE É A FAMILIA, PRINCIPALMENTE OS FILHOS. QUE DEUS ABENÇOE AS FAMILIAS, E QUE AS FAMILIAS BUSQUEM MAIS Á DEUS.
 
TEÓFILO DE ALMEIDA em 23/08/2011 08:31:25
Cade o governo??? Onde os juizes estão com a cabeça para soltarem presos que tem antecedentes e que todos sabem que voltaram a fazer coisas erradas.Cade o acompanhamento com os psicologos, ou os juizes não acreditam na palavra de um profissional. Uma vez preso, tem que ficar preso...Certo que a prisao eh uma escola, mas fazer o que, se essas pessoas ja vem ensinados, entao que deixam eles na prisao mesmo. O Brasil, Srª Dilma está igual ou pior que o Paraguai, não tem lei, cada um por si e Deus por todos, e pelo jeito é isso que vcs querem, como não podem matar, deixam que outros façam isso..Aproveitando pra lembrar que o Brasil tinha que ter pena de morte pra estrupadores.Pensam nisso, ou daqui 10 anos o Brasil será pior do que ja tah.
 
Iris Nascimento em 23/08/2011 07:42:48
Ainda vem que essa estória foi diferente, a mulher está viva...porem traumatizada por tanta violência...é lamentável uma familia acabar assim!
 
daniela rodrigues em 22/08/2011 11:55:52
Os direitos humanos são ótimos (para os bandidos). Vejam que história triste... um marginal ameaçando uma mulher trabalhadora, as autoridades com conhecimento do fato, e o bandido "aprontando" com a maior naturalidade... Dona Zilda, a senhora é uma mulher de sorte, pois agora o seu "ex" é um homem bom, pois BANDIDO BOM É BANDIDO MORTO...
 
José Rodrigues em 22/08/2011 11:18:34
Porque infelizmente a justiça somente é feita para os políticos corruptos e o "poder" judiciário. Vale lembrar que as leis são feitas por políticos capacitados tal como Tiririca, o que ajuda muito.
 
Dennis Pereira Junior em 22/08/2011 10:50:19
Que vergonha... essa é a nossa justíça... mas pra abuso de poder, serve... Tinha que esperar acontecer um desfecho desse? Agora tem que haver JUSTIÇA, esse homem que eliminou o mau-caráter, não pode ser preso. Não interessa. o erro foi da justiça, e que erro! Dona Zilda aciona o Estado. Isso não podia ter acontecido. A senhora é uma cidadã cumpridora dos seus deveres.
A Justiça em nosso país está uma vergonha, tanto é que aceitaram um Battisti, integrante da organização Proletários Armados Pelo Comunismo, viver aqui.
 
Angélica Nunes Dourado em 22/08/2011 09:57:38
a mulher ja tinha avisado a policia mas me parece ke eles deixaram tudo
para o atuau marido resolver não e mesmo.kkkkkkkkkk.
 
JOSE LUIS FRANCA FILHO em 22/08/2011 09:39:59

este tipo de caso tinha que ter um fim naõ e mesmo so assim ela vai ter sussego
e sera feliz com seu novo companheiro.
 
jose luiz frança em 22/08/2011 09:27:23
infelizmente existem muitos igual a esse tiririca, q nao valoriza a mulher depois perde ela e quer matar.
 
antonio marcos em 22/08/2011 08:59:00
Parabéns, Leandro Macedo!! Vc agiu em legítima defesa. Se não fosse sua atitude corajosa, sua esposa poderia estar morta... e o assassino - em pouco tempo estaria: livre, leve e solto...como aconteceu das outras vezes.
 
Joanne Pereira em 22/08/2011 08:26:00
Que vergonha pra nossa justiça! Parabéns Zilda em meio a tanta desgraça você ainda é vitoriosa.
 
Andre Neves em 22/08/2011 07:57:41
nossa! que horrivel isso eu nem queria estar na pele dela isso tinha que acabar .
 
mauro da silva em 22/08/2011 07:25:55
Justiça QUE nada...Agora a dona Zilda, vai ter a PAZ que merece.
Nunca concordei com a maneira que a "justiça", trata casos come esse. Não dão segurança nenhuma para a vítima.
Por isso, ocorre todas essas Barbarie, pelo Brasil a fora. São tantos... exemplos de grande repercursão : Elisa Samúdio e Mércia Nakashima, todas vítimas de MONSTROS da pior espécie. Todas fizeram BO, o resultado infelizmente foi trágico.
Dona Zilda, cabeça para cima e siga sua vida sem pesadelo, o falecido pediu pelo ocorrido.
Boa Sorte.
 
neyde de oliveira em 22/08/2011 07:18:53
Agora o atual marido vai pagar pelo crime???Como fica???Pois a justiça deixou um homem que vinha ameaçando uma pessoa em liberdade, agora o corajoso vai pagar pelo crime que cometeu em legitima defesa???Que país é esse!!!!
 
claudia alexandra em 22/08/2011 07:18:21
Agora veremos o desfecho disso.Sera que a tese de legitima defesa da vitima valera?
Mas de qualquer forma se a justiça funcionasse certamente nao teria este desfecho.
 
Edson Carlos em 22/08/2011 06:51:05
PORQUE NAO ESTAVA PRESO COM TUDO ISSO DE DENUNCIAS, TEMOS QUE VER TAMBEM SE A COMPANHEIRA NAO RETIRAVA AS QUEIXAS NÃO É MESMO POIS NA MAIORIA DAS VEZES É ISTO QUE ACONTECE, MAS ENFIM PELO MENOS A TRAGEDIA NAO FOI MAIOR!!
 
CARLOS DAMASCENO em 22/08/2011 06:26:54
Parabéns a este homem que acabou com mais um valentão que gosta de agredir mulher e como foi dito já ateou fogo no carro da ex esposa.

Perdeu TIRIRICA, valentão, e o pior com 6 BO's e solto, tomar qeu algum advogado pegue a causa deste homem de coragem, pois não é quarquer um que tem esta coragem diante de uma arma, sendo que até mãe fica no banheiro se escondendo e vendo os filhos ser esfaquado e este homem defendendo a sua companheira.

Parabens.
 
julio cesar em 22/08/2011 06:23:10
Parabens ao Judiciario de nosso pais, menos um vagabundo para sustentarmos...só restam alguns milhares...
 
Fernando Maciel em 22/08/2011 06:22:02
Parabéns ao corajoso atual marido que não se intimidou e desceu o dedo nesse sem vergonha!!!!
 
Adriano Maciel em 22/08/2011 05:49:23
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions