ACOMPANHE-NOS    
JANEIRO, QUARTA  26    CAMPO GRANDE 31º

Capital

Mulher diz ter HIV para fugir de estuprador, mas acaba sendo vítima

Por Ana Paula Carvalho e Fernando da Mata | 28/02/2012 11:32

Uma mulher, de 30 anos, foi estuprada na madrugada desta terça-feira, na Chácara das Mansões, em Campo Grande, quando saía do trabalho.

Ela chegou a dizer ao homem que era portadora do vírus HIV, que prova a Aids, para tentar fugir do abuso, mas ele colocou um preservativo e cometeu o estupro. Eles ficaram por aproximadamente uma hora no matagal, como informado no 5ª Delegacia de Polícia, onde o caso foi registrado.

De acordo com o marido da vítima, de 34 anos, o crime aconteceu quando ela deixa o posto de combustíveis onde trabalha. Um homem, de capuz e luvas a abordou e a levou para um matagal próximo do local.

A vítima conseguiu identificar que o homem é baixo e tem nariz grande. No mesmo dia ela cruzou com um homem com essas características na rua.

De acordo com o delegado responsável pelo caso, Fernando Nogueira há a suspeita de que o autor tenha estudado a rotina da vítima.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário