A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

08/02/2016 17:58

Mulheres denunciam vizinho à polícia por cortar tela e furtar calcinhas

Ricardo Campos Jr.
Tela que separa as duas sacadas foi cortada (Foto: Direto das Ruas)Tela que separa as duas sacadas foi cortada (Foto: Direto das Ruas)

Uma jornalista de 28 anos e uma estudante de educação física, de 28 anos, que são colegas de apartamento, denunciaram o vizinho à polícia após descobrir que ele tem cortado a tela da sacada e furtado calcinhas. O homem, segundo elas, é militar aposentado e tem 70 anos. Neste sábado (8), a PM (Polícia Militar) chegou a ser acionada quando uma das moradoras descobriu que o homem havia arrebentado novamente a proteção.

As duas vivem em um condomínio na região central. A jornalista conta que as áreas externas dos imóveis são separadas apenas por uma mureta e colocou a rede principalmente para evitar que o gato de estimação pulasse para a casa do idoso.

“De uns tempos para cá, desde que a minha amiga mudou, a tela vinha arrebentando. Nós íamos lá e arrumávamos. No sábado de manhã, quando ela abriu a porta da sacada, pegou o vizinho atravessando a proteção com o corpo e pegando as calcinhas no varão de chão. Ela ficou tão horrorizada que trancou a porta e ligou para o tio”, conta a jornalista.

Foi então registrado o primeiro boletim de ocorrência comunicando o caso à polícia. As colegas consertaram novamente a tela e passaram a colocar as roupas para secar dentro de casa e mesmo assim notaram que o militar a havia cortado novamente.

“Eu tive uma discussão com ele. Ele disse que havia cortado a tela porque ela estava invadindo o espaço dele”, lembra a mulher. No entanto, segundo ela, a proteção é pregada pelo lado interno da sacada, na parte que corresponde ao imóvel em que as colegas moram.

A PM orientou a moradora a registrar um novo boletim, desta vez por dano material. A proteção foi novamente restaurada e uma lona foi colocada para evitar que o idoso fique observando o apartamento alheio.

Os investigadores orientaram as amigas a não discutir novamente com o aposentado e ligar imediatamente à polícia caso ele volte a violar o imóvel.

Com a situação, a jornalista e a estudante ficaram apreensivas, já que o idoso cortou a rede mesmo sem roupas à vista para furtar. Elas temem que ele possa entrar no local e fazer algo com elas.

“Nós pegamos os dados dele com a advogada do condomínio antes de procurar a polícia, como não temos síndico, é ela quem responde e está acompanhando”, afirma a jornalista.

Durante discussão, adolescente de 17 anos é esfaqueado pelo amigo
Um jovem de 17 anos foi levado em estado grave para a Santa Casa após ser esfaqueado na noite deste sábado, na frente da casa em que mora no Bairro G...
Após furtar obra, ladrão é capturado por moradores e ferido a tiros
Marcio Estacio Duarte Teixeira, de 31 anos, foi socorrido a Santa Casa de Campo Grande após ser atingido por dois tiros na madrugada deste domingo (1...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions