ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, QUARTA  27    CAMPO GRANDE 28º

Capital

Mulheres se reúnem para mostrar como dever ser natural o ato de amamentar

Por Viviane Oliveira | 18/06/2011 17:19

No encontro, além de dar o peito aos filhos, elas debateram o assunto e tiraram dúvidas

Aproximadamente 30 mulheres participaram do encontro. (Foto: Simão Nogueira)
Aproximadamente 30 mulheres participaram do encontro. (Foto: Simão Nogueira)

Aproximadamente 30 mulheres se reuniram para mostrar como deve ser natural o ato de amamentar em público. O movimento, chamado Mamaço, foi na tarde deste sábado no Hipermercado Comper do Jardim dos Estados, em Campo Grande.

A idealizadora do movimento, Ariane Oshiro, 27 anos, disse que o mamaço surgiu após dois fatos: Uma mãe teve a foto em que aparecia amamentando retirada do Facebook e a outra mãe foi repreendida pelo segurança ao dar de mamar ao filho em um local público em São Paulo.

A argumentação utilizada pelo segurança foi de que era proibido se alimentar no local. Após o incidente, a mulher organizou o que chamou de mamaço cultural como forma de protesto.

“O mamaço já foi realizado em cidades como Belo Horizonte, Belém, Brasília, Campinas, São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Recife, Porto Alegre, e não poderia deixar de ser feito em Campo Grande”, disse Ariane.

Para a advogada Cinthia Moralles, 29 anos, a amamentação tem que ser vista como um ato natural e de amor. “Minha filha mais velha mamou até os 10 meses, parou por vontade própria. Segundo ela, o caçula Arthur de seis meses vai mamar até quando quiser”.

No encontro, além de dar o peito aos filhos em público, elas debateram o assunto e tiraram dúvidas. “Mesmo que para algumas mães não é fácil amamentar, eu peço para que elas não desistam”, finaliza Ariane.

Saúde - Os pediatras recomendam o aleitamento materno até os seis meses de idade. A amamentação exclusiva reduz a mortalidade infantil por enfermidades comuns da infância, como diarréia e pneumonia, e ajuda na recuperação de doenças.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário