A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 24 de Setembro de 2018

03/09/2018 15:00

Na segunda-feira fria, um morador de rua vai para UPA e 40 recusam atendimento

Termômetros registram mínima de 7,7ºC na Capital, mas sensação términa foi de 2ºC

Gabriel Neris e Danielle Valentim
Moradores de rua procuram local para escapar do frio (Foto: Henrique Kawaminami)Moradores de rua procuram local para escapar do frio (Foto: Henrique Kawaminami)

Pelo menos um morador de rua precisou ser atendido e encaminhado para a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) devido ao frio da madrugada desta segunda-feira (3) em Campo Grande e outros 40 recusaram ajuda oferecida pela equipe de abordagem do Centro Pop (Centro de Referência Especializado para População em Situação de Rua).

Conforme a SAS (Secretaria Municipal de Assistência Social), somente 14 pessoas foram abordadas e aceitaram serem encaminhadas para o Cetremi (Centro de Triagem e Encaminhamento do Migrante), localizado no Parque dos Poderes. Ainda segundo a SAS, 12 cobertores foram distribuídos durante o atendimento para os moradores de rua.

De acordo com o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia), a temperatura mínima foi de 7,3ºC durante a madrugada. Com rajadas de ventos de 16,5 km/h, a sensação térmica foi de 2ºC em Campo Grande.

No interior do Estado a temperatura também foi abaixo dos 10ºC. Em São Gabriel do Oeste, a mínima foi de 7,7ºC, mas com ventos de até 29 km/h, a sensação térmica chegou aos -3ºC. Em Camapuã, os termômetros chegaram a 6,9ºC, porém a sensação térmica foi de -1ºC.

Em Dourados, a temperatura mínima na madrugada foi de 9,4°C. As rajadas de vento de 16,5 km/h deixaram a sensação térmica para 2°C. Já em Ponta Porã a mínima registrada foi de 8,1°C, mas a sensação atingiu 0°C.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions