ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JUNHO, TERÇA  18    CAMPO GRANDE 26º

Capital

“Não tem condição”, diz Marquinhos sobre reajuste de 100% para professores

A prefeitura propôs reajuste de 67,13% nos salários, parcelado em seis vezes

Aline dos Santos e Adriel Mattos | 08/03/2022 11:35
Marquinhos diz esperar que categoria não entre em greve. (Foto: Paulo Francis)
Marquinhos diz esperar que categoria não entre em greve. (Foto: Paulo Francis)

O prefeito Marquinhos Trad (PSD) afirmou que não há como chegar a 100% do piso nacional para os professores da Rede Municipal de Ensino de Campo Grande. “Não tem condição de dar. Você não acha que as outras categorias queriam aumento de 67,13%? Todo mundo perdeu na pandemia”, diz o prefeito.

Questionado se teme a greve da categoria, Marquinhos afirmou que educação é serviço essencial e somente 30% pode parar. “Espero que isso não aconteça. São 220 mil pais preocupados”.

O prefeito também descarta que a mobilização dos professores tenha cunho político. “Prefiro não acreditar na maldade do ser humano. Eles estão buscando seus direitos”.

A prefeitura propôs reajuste de 67,13% nos salários dos professores, parcelado em seis vezes. Contudo, a categoria cobra a equiparação de 100%, também em seis vezes até 2024.

Se o município não aceitar, nova assembleia será realizada na sexta-feira (dia 11), com protesto no Paço Municipal, e greve a partir do dia 16.

Nesta terça-feira (dia 8), o prefeito participou de evento na Casa da Mulher Brasileira, alusivo ao Dia Internacional da Mulher.

Nos siga no Google Notícias