A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

15/04/2011 16:32

Negada liberdade a motorista que matou mulher e depois mentiu furto

Nadyenka Castro

Há 3 anos ela tinha sido presa por embriaguez

Continua presa a gerente contábil Cristiane Ferreira Dias, 31 anos, que na noite do último dia 10 matou Kellys Cristina da Conceição Barbosa, 40 anos, em um acidente de trânsito no cruzamento da avenida Ernesto Geisel com rua Antônio Maria Coelho, em Campo Grande.

Ela foi autuada em flagrante pelo por falsa comunicação de crime, homicídio culposo qualificado pela omissão de socorro e lesão corporal dolosa, após envolver-se no acidente e depois mentir à Polícia Civil que seu veículo Tucson havia sido furtado.

A defesa dela protocolou pedido de liberdade e o juiz Aluízio Pereira dos Santos, da 2ª Vara do Tribunal do Júri, negou a solicitação nessa quinta-feira. O magistrado levou em consideração o fato dela já ter se envolvido em crimes e também porque mentiu à Polícia.

“... fugiu, não prestando socorro e pior, se dirigiu à delegacia registrando boletim de ocorrência de que foi vítima de furto, objetivando claramente eximir-se da responsabilidade penal, tentando induzir as autoridades ao erro”, declarou o juiz em seu despacho indeferindo o pedido.

O magistrado explicou ainda que ela foi indiciada por homicídio culposo, mas a 4ª Vara Residual, competente para estes crimes, entendeu que o caso é de homicídio doloso e então encaminhou o pedido para a Vara do Tribunal do Júri, que aguarda pronunciamento do Ministério Público Estadual sobre o caso.

Acidente- Cristiane conduzia o Tucson e colidiu com a motocicleta Fazer pilotada por Eva Vilalva, 40 anos, a qual ficou ferida.

A passageira da moto morreu no local e Eva foi levada para Santa Casa. O estado dela não era grave.

Mentira- Após a colisão, Cristiane deixou o carro no bairro Mata do Jacinto e foi até a Depac/Centro. Ela declarou aos policiais que estacionou o veículo na rua Antônio Maria Coelho, Vila Planalto, e foi até uma conveniência. Ao retornar, 15 minutos depois, o Tucson não estava mais lá.

A PM (Polícia Militar) encontrou o automóvel abandonado na Mata do Jacinto. O veículo foi levado para a Depac/Centro onde Cristiane foi novamente ouvida. Ela então confessou que havia mentido e foi presa em flagrante.

Há 3 anos- Em agosto de 2007, no cruzamento da avenida Afonso Pena com rua Paraíba, Cristiane colidiu o Ford Ka que conduzia em um Vectra dirigido por uma mulher de 34 anos, na época.

Os policiais militares perceberam que ela havia ingerido bebida alcoólica e a questionaram. Ela confirmou e o teste do bafômetro apontou 0,68 miligramas de álcool por litro de sangue.

Passageira de moto morre em acidente e motorista de Tucson envolvida na colisão foge
Condutora de veículo chegou a registrar boletim de ocorrência de furto Kellys Cristina da Conceição Barbosa, 40 anos, morreu após acidente ocorrido ...
Brinquedos feitos por detentos são doados para crianças em escola
Parceria feita entre a a Semed (Secretaria Municipal de Educação) e a Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário) garantiu ne...
Falta de pagamento faz prefeitura suspender hemogramas na rede pública
A falta de pagamento para um fornecedor de insumos fez com que a prefeitura de Campo Grande suspendesse a partir desta quarta-feira (13) a realização...


Parabéns ao juiz Aluizio, agindo desta forma o povo já estará confiando na justiça de MS, e esperamos que essa irresponsável fique presa até o seu julgamento, ela ñ estaria com o seu CNH cassada? pois foi presa dirigindo embriagada. Ha! se todos os juízes agisse esta forma a justiça seria outra.
 
Felipe Salinas em 16/04/2011 07:27:35
Jean, o que você acaba de registrar não é um mero desabafo. Trata-se, na verdade, de uma reflexão que todos nós, sem exceção, devemos fazê-la. Os nossos compromissos, as nossas pressas em nada podem sobrepor ao coletivo. Enquanto cotinuarmos priorizando o "eu" estaremos, inexoravelmenmte, lamentando situações como essa. Basta! Precisamos humanizarmos.
 
DAVID RIBEIRO em 15/04/2011 09:39:24
Jean Carlos disse tudo, parabéns, concordo com ele em tudo.....
 
Andre Matsushita Gonçalves em 15/04/2011 07:08:50
Que seja feita justiça.
É absurdo o que essa menina fez.
Sofrer acidente pode acontecer com qualquer um. As vezes, preocupações e stress, ou tudo que atormenta nossas cabeças pode tirar nossa atenção no trânsito e pah, acontece um acidente. Quero que alguém aqui fale que nunca se distraiu e fechou alguém, por exemplo. Eu por exemplo, uma vez indo pela 13 de junho quase que eu atravesso o sinal vermelho. Sem querer mesmo, desligado, pensando, só vi que o sinal estava vermelho bem em cima. Por pouco não atravessei.
Só quero dizer que acidentes acontecem, se vc está a pé na rua, vc corre o risco de causar um acidente. O que podemos fazer é diminuir o máximo a chance de acontecer, não falando ao celular, não escutando musica alta, não fumar enquanto dirige, NÃO BEBER, enfim, evitar qq coisa que tire sua atenção. Se não, meu amigo, vc mata alguém e aí, como fica?
Aquele que bebe e dirige assume o risco de matar alguém. Aquele que fala no celular dirigindo, assume o risco de matar alguém. Aquele que nem da seta, corre o risco de matar alguém, o apressadinho CORRE RISCO DE MATAR ALGUÉM. Gente, vamos ter um pouco mais de consciencia e respeito no trânsito de CG. Respeite o motorista, motociclista, ciclista como pessoa que é, não como inimigo disputando espaço com você. É tão dificil isso?
Os caras de carrão que se acham os donos do mundo, vamos respeitar? Os motoqueiros que querem ser donos da rua e acha que sempre o "cara do carro" é errado, é tão complicado assim andar direito? ( não falo da menina vitima desse acidente ).
Ta aí o resultado da imprudencia. Se tivesse andando certinho, ou no minino prestado o socorro a vitima, com certeza essa garota não estaria presa.

Ta aí, só um desabafo. Trabalho de moto em CG, 2 acidentes sofridos, e já vi muitas vidas se perderem no trânsito da nossa cidade e nada mudar, apenas aumentar o numero de radares ( como se resolvessem alguma coisa ) e o numero de irresponsáveis no trânsito. Triste isso, e só tende a piorar.
 
Jean Carlos dos Santos em 15/04/2011 05:36:05
Provavelmente essa prisão é por medida de segurança...
 
neyde de oliveira em 15/04/2011 05:05:16
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions