A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 21 de Setembro de 2017

26/07/2017 06:45

No 2º dia letivo, escolas estaduais fechadas e alunos sem aulas

Professores de todo o Estado decidem hoje à tarde se farão greve

Priscilla Peres
Escola Joaquim Murtinho abriu ontem, mas outras 84 fecharam. (Foto: André Bittar)Escola Joaquim Murtinho abriu ontem, mas outras 84 fecharam. (Foto: André Bittar)

Nesta quarta-feira (26) vários alunos da rede estadual de ensino não terão aula. Hoje é o segundo dia do novo semestre, mas em algumas escolas as atividades ainda não voltaram devido a uma assembleia dos professores marcada para acontecer hoje à tarde.

Ontem os professores de Campo Grande decidiram não aderir a greve, durante rodada de assembleias municipais. Hoje acontece a reunião na Fetems (Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul), que decidirá sobre todo o Estado.

Enquanto isso, alunos de 366 instituições de ensino estaduais ainda não começaram o segundo semestre letivo. Em Campo Grande a estimativa é de que 84 escolas estaduais estejam sem aulas, o que afeta pelo menos 10 mil alunos.

Os professores pedem o cumprimento da Lei Federal 11.738/2008 de 16 de julho de 2008 que estabelece o reajuste do Piso Salarial dos Professores e da lei complementar estadual nº 200, de 13 de julho de 2015. Essa última legislação integraliza o Piso por 20 horas até o ano de 2021.

De acordo com a própria Fetems, a proposta feita pelo governo garante o pagamento do reajuste do Piso de 7,64% em 2017, mantém a convocação da mesma forma que no primeiro semestre e afirma que não haverá alteração no Estatuto dos profissionais em Educação.

Caso os professores decidam por aceitar a proposta do governo e não fazer greve, as aulas terão início na quinta-feira (26).




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions