A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

14/08/2011 11:02

No Dia dos Pais são os filhos que se divertem na Afonso Pena

Vinícius Squinelo

Mesmo “deixados de lado”, pais garantem que felicidade é ver as crianças alegres

Pais assistem e crianças se divertem no pebolim (foto: Pedro Peralta)Pais assistem e crianças se divertem no pebolim (foto: Pedro Peralta)

Neste domingo se comemora o Dia dos Pais, mas em Campo Grande quem faz a festa são as crianças. Nos altos da avenida Afonso Pena foi montada uma estrutura com vários tipos de diversão, em homenagem aos pais e ao aniversário dos 112 anos de Campo Grande.

“Eles já me acordaram e me deram presente. A gente trabalha a semana inteira, esse é o momento de diversão, de aproveitar as crianças”, relata o professor de matemática Fábio Fernandes, de 28 anos, enquanto o casal de filhos dá uma volta no mini fusca.

Além de passeio “automobilístico”, as crianças aproveitam a fazendinha, com animais e pôneis para passeio, A estrutura também conta com jogos, como dama e tênis de mesa, e outras diversões.

Mesmo com a diversão voltada para os filhos, os pais dizem não se incomodarem em serem “deixados de lado”. “Fico contente quando ele está feliz. Vim trazer ele ao parque, ele viu os brinquedos aqui e está gostando muito”, comentou o representante de vendas Pedro Coelho, de 44 anos, se referindo ao filho Vitor, de 7, que sequer ouvia o pai, prestando atenção no pebolim.

Mini Fusca é uma das atrações que as crianças mais gostam (foto: Pedro Peralta)Mini Fusca é uma das atrações que as crianças mais gostam (foto: Pedro Peralta)

Questionado, Vitor limitou-se a confirmar que “está gostando muito” da diversão. Com as opções de lazer, as crianças não tiveram muito tempo ou interesse para responder as perguntas da reportagem.

“Acordei com ele me chamando, já ganhei presente e agora estamos aqui. É bom porque a criança se diverte, e a emoção do pai é ver o filho feliz”, diz Marcos Roberto Campos, sindicalista de 36 anos. O filho, Mateus, de 4, ainda estava retraído, segundo o pai, com medo dos animais.

A estrutura foi montada em frente ao Parque das Nações Indígenas. Segundo Carlos Assis, diretor-presidente da Fundesporte (Fundação Municipal do Esporte), que organiza a festa, o projeto “Domingo no Parque” foi removido para uma região mais próxima ao Parque dos Poderes, na avenida Afonso Pena. Assis explica que com as obras do Aquário do Pantanal, a movimentação de caminhões aumentou próximo ao Shopping Campo Grande, o que motivou a mudança do local.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions