ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, SÁBADO  24    CAMPO GRANDE 31º

Capital

Operação contra jogo do bicho teve 1/3 da dimensão planejada

Operação teria mais de 300 agentes de segurança, mas foi reduzida a um terço depois de vazamento de informações

Por Marta Ferreira e Ângela Kempfer | 23/09/2020 12:50
Equipe do Garras chega à Delegacia durante operação "Black Cat", quarta fase da Omertà.
Equipe do Garras chega à Delegacia durante operação "Black Cat", quarta fase da Omertà.

A quarta fase da Operação Omertà, que lacrou bancas do jogo do bicho nesta quarta-feira (23) em Campo Grande, foi feita às pressas, diante do vazamento de que estava em preparação para esta quinta-feira (25). A ação era para envolver Polícia Civil, Gaeco (Grupo de Atuação Especial e Repressão ao Crime Organizado) e dois batalhões da Polícia Miltiar, o Choque e o Bope (de Operações Especiais).

O número de agentes de segurança envolvidos passaria de 300, mas caiu em um terço diante do adiantamento feito.

Denominada “Black Cat”, a operação acabou restrita ao Gaeco e à Polícia Civil, liderada pelo Garras (Delegacia Especializada de Repressão a Roubo a Banco, Assaltos e Sequestros), com a participação de policiais de outras especializadas.
Bope e Choque não participaram.

Fecha tudo - De acordo com a investigação jornalística, a ordem de toda forma é tolerância zero com a permanência das bancas do bicho, espalhadas pela cidade há décadas.

As que não foram lacradas hoje, serão nos próximos dias, segundo apurado. Esse se reabrirem, a determinação é fechar novamente.

Não foi esclarecido qual vai ser a base legal para isso, já que o jogo do bicho não é crime, sim contravenção penal.

Pelo menos quatro pessoas estão sendo ouvidas no Garras, no Bairro Tiradentes, e devem ser liberadas depois.

O nome da fase é em alusão a “Gato Preto”, como se denomina a organização que explora o jogo de azar com base em números atribuídos a animais. A chefia do negócio é atribuída ao empresário Jamil Name, preso há um ano, por chefiar milícia armada alvo das primeiras fases da Omertà. A operação completa um ano de seu início no domingo (27).

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário