A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

12/08/2015 11:20

No inverno e com tempo seco, dengue causa a 11ª morte no Estado

Flávia Lima
Mais de 90% dos casos estão nas residências, por isso imóveis fechados serão vistoriados primeiro. (Foto:Divulgação)Mais de 90% dos casos estão nas residências, por isso imóveis fechados serão vistoriados primeiro. (Foto:Divulgação)

Mais uma pessoa morreu em decorrência da dengue no Estado, conforme dados do último boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde, nesta quarta-feira (12). Ao todo, desde o início do ano, já são 11 mortes. O óbito mais recente foi registrado em Dourados, que agora conta com duas mortes em 2015.

O que mais causa supresa são as mortes registradas no inverno e com o tempo seco, época em que ñão há grande proliferação do mosquito, o que exige atenção da população, que deve continuar com as ações preventivas.

O relatório ainda aponta 29.100 casos suspeitos da doença em todo o Estado, um aumento de 115 casos em relação ao boletim da semana passada, o que configura uma leve queda no número de notificações, já que nas semanas anteriores os dados acusavam mais de 200 novos casos. O total de notificações entre os dias 2 e 8 de agosto, foi de 65.

O número de municípios que continuam registrando alta incidência de dengue permanece em 63, com Iguatemi ainda no topo, totalizando 1.280 casos. A Capital seguem em 47º lugar, com 5.380 notificações.

Prevenção - No entanto, já pensando na próxima temporada de chuvas e no verão de 2016, a coordenação estadual de controle de vetores iniciou, há pelo menos um mês, um trabalho de intensificação de visitas aos 79 municípios de Mato Grosso do Sul, que tem o objetivo de reduzir, em pelo menos 50% o número de casos no próximo ano.

O coordenador estadual Mauro Lúcio Rosário explica que os gestores municipais estão finalizando a entrega dos planos de contingência para serem analisados e através desses projetos, os técnicos do Controle de Vetores podem analisar de que forma é possível oferecer suporte ao combate do mosquito transmissor. “Por exemplo, se começam a surgir casos na cidade, precisamos fazer o bloqueio químico e nós ajudamos enviando máquinas e técnicos para aplicar o inseticida”, diz.

Diariamente, 30 técnicos visitam o interior promovendo palestras com as comunidades e gestores, além de capacitar os funcionários do setor de Saúde, com o objetivo de conscientizar a população sobre a importância de manter os imóveis livres de focos.

“Se não houver parceria da população, não vamos controlar a doença”, ressalta Mauro. Ele reitera que 95% dos focos estão dentro das residências, por isso, além do trabalho educativo, os técnicos também decidiram vistoriar primeiro os imóveis fechados e abandonados, através de um mapeamento pré-estabelecido pelas prefeituras.

“Estamos visitando primeiros esses locais, que sempre causam mais problemas. A ideia é buscar a sensibilização dos donos para facilitar nossa entrada nesses imóveis”, diz Mauro. O coordenador afirma que até o momento as equipes vem sendo bem recebidas nos municípios e os gestores tem demonstrado preocupação com a incidência da doença.

“Precisamos intensificar as ações educativas antes do período de chuvas, mas a reuniões estão surtindo efeito e as pessoas estão unidas no combate”, afirma.

Mulher de 28 anos morre com dengue em hospital, segundo caso em 2015
Uma mulher de 28 anos de idade, que morava no Parque Alvorada, região oeste da cidade, é a segunda pessoa a morrer com dengue neste ano em Dourados, ...
Dengue continua crescendo e MS registra quase 29 mil casos este ano
Os casos de dengue notificados em Mato Grosso do Sul deram uma estabilizada nas últimas semanas. De acordo com boletim epidemiológico divulgado nesta...
Vacina contra a dengue mostra mais eficácia em maiores de 9 anos
Artigo publicado hoje (27), na revista New England Journal of Medicine mostra que a vacina contra a dengue, do laboratório francês Sanofi Pasteur, te...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions