A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

22/06/2016 09:21

No primeiro dia de entrega, várias pessoas deixam posto sem receber RG

Fernanda Mathias e Guilherme Henri
RGs já começaram a ser entregues nesta quarta-feira, mas o prazo para atender à demanda represada é até sexta (24) (Foto: Fernando Antunes)RGs já começaram a ser entregues nesta quarta-feira, mas o prazo para atender à demanda represada é até sexta (24) (Foto: Fernando Antunes)

Retomada hoje, a entrega de documentos de identidade (RGs) no Instituto de Identificação, em Campo Grande, mas a previsão é que somente na sexta-feira, 24 anos, todos os documentos que ficaram represados tenham sido impressos. Na Capital são cinco mil e em todo o Estado, 20 mil. Para o interior, a previsão é que a entrega seja regularizada em duas semanas.

Na manhã desta quarta-feira o movimento era tranquilo no posto de identificação, mas várias pessoas que foram buscar o documento acabaram voltando sem e informados de que somente estaria pronto na sexta-feira. A impressão obedece a ordem de solicitação, segundo a diretoria do Instituto.

A aposentada Maria Denis Lopes, 72 anos, conta que teve a bolsa furtada com os documentos e precisou emitir uma nova via. O pedido foi feito em fevereiro, quando ela levou boletim de ocorrência para garantir isenção da taxa. Porém, nesta manhã ainda não estava impresso. “Estou tendo muita dor de cabeça porque não consigo comprovar minha identidade”.

Também vítima de criminosos, o Aposentado Geraldo de Souza Neto, 75 anos, foi no dia 04 de abril para solicitar uma nova via do documento, quando recebeu o prazo inicial de 21 de maio para retirada. Agora foi informado que só estará pronto em dois dias. Apesar da espera maior, Geraldo diz que não teve problemas por não portar o documento.

 

Sem RG, o engenheiro agrônomo Renalto Galvão teve dificuldades para dar entrada no processo de aposentadoria (Foto: Fernando Antunes)Sem RG, o engenheiro agrônomo Renalto Galvão teve dificuldades para dar entrada no processo de aposentadoria (Foto: Fernando Antunes)

Já o engenheiro agrônomo Renalto Galvão, 65 anos, diz que o documento foi danificado e por isso precisa de outro. Ele teve dificuldades para dar entrada no processo de aposentadoria junto ao INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) mas, por fim, conseguiu uma declaração que foi aceita pelo órgão. Como não conseguiu retirar nesta quarta-feira, vai ficar mais um tempo sem o documento porque na sexta estará viajando. “Já que esperei até agora mais uns dias não farão mal”.

Com a retomada da emissão de RGs, desde segunda-feira, 20, quem solicitar o RG (documento de identidade) poderá retirar em 10 dias úteis e a partir de julho este prazo deve ser reduzido à metade do tempo.

Agendamento – Para adquirir o RG a pessoa deve fazer o agendamento eletrônico pela internet no endereçohttp://servicos.sejusp.ms.gov.br/, onde é possível escolher o posto mais próximo ou o local que tiver a data desejada, preencher o formulário e confirmar o agendamento.

Na página, o cidadão será informado em relação aos documentos necessários para obtenção da nova identidade ou da segunda emissão. A primeira via é gratuita, já para a segunda emissão ou segunda via, o custo é de 4 Uferms (Unidades Fiscais Estaduais de Referência de Mato Grosso do Sul), o que equivale a R$ 94,52.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions