A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

21/10/2014 08:40

No temporal da sexta, 180 raios atingiram a Capital, diz Inpe

Aliny Mary Dias
Raios atingiram Campo Grande e incidência foi considerada alta pelo Inpe (Foto: Samuel Echeverria)Raios atingiram Campo Grande e incidência foi considerada alta pelo Inpe (Foto: Samuel Echeverria)
Incidência de raios na Capital é de 13,43 por quilômetro quadrado (Foto: Samuel Echeverria)Incidência de raios na Capital é de 13,43 por quilômetro quadrado (Foto: Samuel Echeverria)

O temporal da última sexta-feira (17), que colocou fim aos 15 dias de estiagem e a onda de calor que atingiu Campo Grande, foi responsável por provocar 180 quedas de raios na cidade. De acordo com o Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais), a quantidade é considerada alta.

O levantamento do ELAT (Grupo de Eletricidade Atmosférica) levou em conta a quantidade de raios nas 24 horas da sexta-feira, mas a maior concentração de descargas ocorreu a partir das 19 horas. Na classificação do Inpe, mais que 100 raios em um dia é considerada uma incidência alta.

A Capital ocupa o 5º lugar entre as cidades que mais registram raios em Mato Grosso do Sul. A média anual por quilômetro quadrado em Campo Grande é de 13,45 raios, concentração que também é considerada alta.

Na última sexta-feira, o Inmet (Instituto Nacional de Meteorlogia) informou que o temporal acompanhado dos raios entraram no Estado pela região norte de Ribas do Rio Pardo, as descargas também atingiram Ivinhema e depois seguiram para a Capital.

Na madrugada do sábado (18), as descargas elétricas ficaram concentradas sobre as cidades de Água Clara e Camapuã.

 

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions