ACOMPANHE-NOS    
JULHO, TERÇA  27    CAMPO GRANDE 22º

Capital

Novas viaturas e drones reforçam fiscalizações na pandemia

Primeiro lote de investimento de R$ 3,2 milhões foi entregue nesta segunda-feira

Por Tainá Jara e Liniker Ribeiro | 15/03/2021 18:11
Viaturs e drones foram apresentadas no estacionamento do Paço Municipal (Foto: Paulo Francis)
Viaturs e drones foram apresentadas no estacionamento do Paço Municipal (Foto: Paulo Francis)

Novas viaturas e equipamentos como drones, apresentados nesta segunda-feira, pela Secretaria de Segurança, no estacionamento do Paço Municipal, serão utilizados para fiscalizar as restrições instituídas durante a pandemia, em Campo Grande.  Os equipamentos fazem parte da primeira etapa de investimento de R$ 3,2 milhões no setor.

De acordo com o titular da Sesdes (Secretaria Especial de Segurança e Defesa Social), Valério Azambuja , os equipamentos vão reforçar as ações em conjunto com a Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito), Semadur (Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano),  além de Polícia Militar, Polícia Civil e Corpo de Bombeiros.

“Já tinha um planejamento estratégico e acabou se consolidando nesse momento que a Guarda Civil Metropolitana precisa de viaturas, equipamentos e tecnologia para ajudar nas fiscalizações”, ressaltou.

Hoje foram entregues dois drones, sete viaturas, um caminhote, 30 EPIs (Equipamentos de Proteção Individual) e 80 coletes balísticos, no valor de R$ 1.242.599,11. O secretário garantiu que dentro de 40 dias, mais 20 viaturas serão entregues somando mais R$ 2.147.789,00 em investimentos.

Os equipamentos serão distribuídos entre as Gerências do Grupo de Pronto Intervenção, Trânsito, Meio Ambiente e Patrulha Maria da Penha, atuantes nas sete regiões de Campo Grande: Centro, Bandeira, Segredo, Anhanduizinho, Lagoa, Prosa e Imbirussú.

Com a finalidade de equipar a Guarda Civil Metropolitana - CGM durante as ações de proteção do patrimônio municipal, fiscalizações de trânsito, patrulhamento preventivo, acompanhamento de medidas protetivas, atuação nas barreiras sanitárias, segurança dos munícipes e apoio efetivo no plano de trabalho da operação covid-19.

Desde o último domingo, seguindo decreto estadual, a população previsa cumprir toque de recolher entre 20h e 5h. Restrições também foram impostas ao funcionamento do comércio.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário