A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

07/06/2016 17:22

Paraguaio que matou por dívida de R$ 10 vai a julgamento nesta quarta

O crime aconteceu no Bairro Moreninha III em 2007

Antonio Marques

Quase nove anos depois de ter matado um homem por causa de uma dívida de R$ 10,00, no Bairro Moreninha III, o paraguaio Delosanto Carvalho Santos, 34 anos, vai a julgamento nesta quarta-feira, 8, na 2ª Vara do Tribunal do Júri de Campo Grande, pelo crime de homício qualificado por motivo fútil.

Conforme a denúncia, no dia 29 de setembro de 2007, por volta das 20h30, na rua Amapá Doce, no bairro Moreninha III, o acusado matou Altamir Simões de Souza com um tiro. O motivo do crime seria uma dívida de R$ 10,00 que a vítima tinha com Delosanto Carvalho.

Ainda de acordo com a denúncia, o autor teria agido por motivo fútil, pois tirou a vida da vítima por causa de uma dívida irrisória, caracterizando assim a desproporcionalidade da conduta.

De acordo com a assessoria de imprensa do TJMS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul), o Ministério Público asseverou que o denunciado usou de recurso que impossibilitou a defesa da vítima, visto que estava desarmada e indefesa, sem poder esperar tal reação por ter cobrado uma dívida de ínfimo valor.

Se condenado, Delosanto Carvalho Santos pode pegar de 12 a 30 anos de reclusão.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions