A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 26 de Setembro de 2018

01/05/2018 09:32

Passeio tem veteranos e bicicleta que a maioria não pode comprar

Trajeto começa na avenida das Bandeiras e segue até a Afonso Pena nesta terça-feira

Mayara Bueno e Guilherme Henri
Seu Walmir no triciclo com guarda-sol no passeio do Dia do Trabalhador. (Foto: Saul Schramm).Seu Walmir no triciclo com guarda-sol no passeio do Dia do Trabalhador. (Foto: Saul Schramm).

Todo ano, há 25 anos, a rotina do dia 1º de maio é sagrada para Clodib Rocha Fernandes, 69 anos. Não só pela oportunidade de comemorar Dia do Trabalhador, mas de colocar nas ruas sua bicicleta diferenciada, que chama atenção pelos adereços e criatividade.

Como todo ano, a loja Ciclo Ribeiro faz o tradicional passeio ciclístico em comemoração ao Dia do Trabalhador. Nesta terça-feira, a largada foi às 9 horas na avenida das Bandeiras e o percurso termina no Parque das Nações Indígenas, na avenida Afonso Pena. Ao menos cinco mil participam do evento.

Assíduo desde a terceira edição do passeio, seu Clodib já é "ícone" na pedalada. Ele anda todos os anos com uma bicicleta feita de sucata e que imita o modelo utilizado pelo ator, diretor, produtor e humorista britânico, Charlie Chaplin. Se o custo financeiro foi zero, segundo conta, a criatividade, por sua vez, superou. Em um dos guidões, está um aparelho de telefone modelo antigo e no outro uma chupeta verde e amarela.

 

Assim como 2017, seu Clodib está com a bicicleta inspirada em Charles Chaplin. (Foto: Saul Schramm).Assim como 2017, seu Clodib está com a bicicleta inspirada em Charles Chaplin. (Foto: Saul Schramm).

Da turma dos criativos e animados, seu Sebastião César, 70 anos, foi ao passeio hoje com uma bicicleta que veio dos Estados Unidos. O modelo importado tem uma garupa, onde carrega a neta de dois anos e um espaço atrás do seu banco para mais um acompanhante. 

"Isso contribui para memória da criança", afirma. Para ele, eventos como o de hoje ficarão na memória dos pequenos. Com ele, uma neta de dois anos já fazia companhia e eles só aguardavam a chegada de quatro netos.

Com direito a guarda-chuva para proteger do sol forte e banco personalizado, o autônomo Walmir da Silva Machado, 55 anos, participa do evento desde a primeira edição. Este é o primeiro ano que anda com a bicicleta, uma espécie de triciclo, no estilo mais confortável. Ano passado, lembra, o modelo utilizado tinha uma máquina de fazer algodão doce acoplado.

 

Sebastião com a neta de dois anos na bicicleta importada. (Foto: Saul Schramm).Sebastião com a neta de dois anos na bicicleta importada. (Foto: Saul Schramm).
Dono da Ciclo Ribeiro, Clemêncio Ribeiro na preparação da corrida. (Foto: Saul Shramm).Dono da Ciclo Ribeiro, Clemêncio Ribeiro na preparação da corrida. (Foto: Saul Shramm).

Dono da Ciclo Ribeiro e organizador do passeio, Clemêncio Frutoso Ribeiro, 64 anos, espera que ao menos 8 mil participem do evento hoje. Para ele, a melhor forma de homenagear o trabalhador em seu dia é fazer algo relacionado à sua atividade de trabalho.

Passeio - Quem fez a inscrição previamente vai participar do sorteio de 40 bicicletas. Os ciclistas sairão da avenida das Bandeiras, passarão pela rua 14 de Julho e pegarão a avenida Afonso Pena. O trajeto termina no Parque das Nações Indígenas. Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito) e Polícia Militar darão o apoio.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions