A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

30/05/2012 18:55

Pastor é preso por suspeita de estupro de duas adolescentes no Jardim Anache

Paula Maciulevicius

Uma das vítimas disse que foi forçada a ter relações a mando de Deus e que se não fizesse receberia castigo divino

PM do Nova Lima prendeu suspeito que será encaminhado à Depac Piratininga. (Foto: João Garrigó)PM do Nova Lima prendeu suspeito que será encaminhado à Depac Piratininga. (Foto: João Garrigó)

Um pastor de 44 anos foi preso na tarde desta quarta-feira, pelo 9º Batalhão da Polícia Militar do bairro Nova Lima, suspeito de estuprar duas adolescentes. Segundo relato das vítimas, ele se aproximava chamando para orar no “monte”, terreno baldio próximo ao Makro e de lá levava as meninas para a casa dele.

Uma das vítimas, uma adolescente de 17 anos, disse ao Campo Grande News que foi forçada a ter relações com o pastor a mando de Deus e que se não fizesse receberia castigo divino. O caso aconteceu no último sábado (26).

“Ele disse no sábado que Deus tinha um recado para mim. Depois do monte ele me disse que tinha que falar comigo na casa dele e falou Deus mandou você se entregar para mim”, relata a jovem.

Da igreja, no Jardim Anache, para o “monte”, nas proximidades do Makro, o carro do pastor quebrou. A adolescente e mais duas mulheres da igreja que estavam no carro voltaram de carona para o bairro.

“Ele disse que eu tinha que ir para casa dele e que ele ia fazer aquilo, que ia sofrer para pagar os meus pecados”, acrescenta a menina.

Segundo relato da adolescente, eles chegaram à casa do pastor por volta das 3h da manhã e ela só pode ir embora depois das 6h. “Ele dizia que se eu não fizesse, Deus ia me recolher”. O recolher, a garota explica que significava matar.

O caso só veio à tona nesta quarta-feira, depois que a jovem contou à patroa o que havia acontecido e a mulher, uma empresária, chamou a Polícia. Ainda nesta tarde, o pastor apareceu no local de trabalho da adolescente, segundo ela, para assegurar que ela não havia contado a ninguém.

Depois de contar para a patroa, a mulher comentou com uma conhecida, que foi quem indicou a menina para o trabalho. A mulher, que também frequenta a igreja e é mãe, questionou a filha de 12 anos, se algum dia o homem fez algo contra ela. A surpresa, de acordo com a mulher, foi ouvir que sim.

A mãe pegou a filha na escola e aguardou a Polícia. Ao Campo Grande News a menina relatou que o acontecido foi no sábado retrasado (19). “Eu fui para o monte, eu e minha prima de 10 anos com ele. De lá fomos dormir na casa dele. Ele ficou de levar a gente para casa domingo de manhã. Enquanto eu dormia ele passou a mão pelo meu corpo e incentivou o filho dele a tirar a roupa da minha prima”, relembra.

A menina conta que respondia ao pastor que não queria. “Eu falava sai daqui e ele perguntava se eu não tinha vontade quando estava perto de um cara? Eu estava na cama com a filha dele que estava dormindo”, completa.

A mãe da menina contou ao Campo Grande News que a patroa começou a desconfiar, porque foi vítima de violência sexual quando criança. “Foi quando ela colocou ela na parede e ela contou. Ele fazia de tudo para ganhar a confiança da gente, tinha lábia”, desabafa.

O pastor se defende dizendo que não forçou a adolescente a nada e que a menina manteve relações sexuais com ele porque desejou. “Eu convidei ela para entrar em casa e tomar um café. Ela tinha dito no carro que tinha 20 anos. Eu falei como homem de Deus, se ela queria ficar comigo naquela noite e ela disse que sim”, conta.

O suspeito trabalha como jardineiro e também é pastor na igreja Pentecostal do Último Selo do Apocalipse, no bairro Jardim Anache. “Meu trabalho é resgatar almas, retirar da perdição, Deus não mente para mim”, fala.

O homem conta que recebeu uma revelação de Deus e questionou as duas jovens se elas eram virgens. Com a menina de 13 anos, ele nega que tenha tocado no corpo. “Estavam cinco jovens na minha casa, não aconteceu nada. Jamais, se eu fizesse com a filha dos outros, ia fazer com a minha também, faz exames nelas então”, questiona.

A Polícia acredita que existam outras vítimas do pastor. O homem foi encaminhado para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do bairro Piratininga, mas o caso deve ser investigado pela Dpca (Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente).

Homem de 30 anos é esfaqueado e fica em estado grave
Bartolomeu Gomes de Araújo Barbosa, 30 anos, ficou gravemente ferido após ser atingido a golpes de faca no abdômen, na noite de ontem (12), na Rua Bo...
Após documento vazar, Sesau diz que hemogramas não foram suspensos
A Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) afirmou que os hemogramas continuam sendo feitos na rede pública de saúde de Campo Grande. A informação inici...


eu acho que essas duas adolescentes estão mentindo o pastor não tem nada a ver com isso elas que inventaram
 
ALINE BARBOSA WAGNITZ em 01/06/2012 08:29:42
É realmente é lamentavel, a Bíblia diz que por falta de conhecimento erra meu povo, e as vezes é conhecimento de si mesmo que falta. O apóstolo Joao diz que os que sairam do nosso meio nunca foram nossos. Isso me disz que pessoas com má idole e carater deturpado tem achado no meio evangelico uma facilidade muito grande para infiltrar-se e esconder suas reais intenções e qualidades atras da Bíblia.
 
Antonio ferreira, Pr teologo e psicologo, capelão hospitalar e psicologo. em 31/05/2012 11:29:11
Marcello Maia, infelizmente vc não teve uma boa experiência com uma determinada igreja evangélica, e com certeza deve haver algum motivo para estar afastado... Mas eu no seu lugar não sairia colocando todos os evangélicos na condição de suspeito, assim vc erra tanto quanto o tal suspeito.
 
Anderson Holsbach em 31/05/2012 10:32:19
Se alguém usar desse exemplo como pretexto para criticar os evangélicos, com certeza está fadado ao deslize e o fracasso, pois o exemplo tem que ser Jesus.
Homens estão susceptíveis a erros, infelizmente Pastores, Padres, Lideranças do Espiritismo... enfim.
Creio no meu Pastor, creio acima de tudo na Palavra de Deus. Mas creio também que esse pastor pagará muito caro por seu pecado!
 
Anderson Holsbach em 31/05/2012 10:30:23
E um absurdo usar o nome de Deus pra cometer essas barbaridades. Uma pessoa dessa jamais soube quem realmente e Deus. Deus e amor, ele so quer o nosso bem! ele abomina a violencia.
 
vanessa moraes em 30/05/2012 10:11:42
Hoje em dia não devemos,confiar em ninguém,nem em um homem que fala que é de Deus.Filhos tem que dormir ema casa.Não na casa dos outro temos que desconfiar de parentes.Bandido não tem cara pode ser qualquer um.Se ele fez isso com uma deve ter feito com outras também.Mãe pai temos que ficar atentos e conversar mais com nossos filhos que pedofelia acontece em qualquer lugar.
 
Tatiane Antunes em 30/05/2012 09:30:07
fui de igreja evangélica há 10 anos... nada contra quem é, mas o tanto de histórias de picaretagem que soube e escândalos dentro de várias igrejas inclusive uma renomada de Campo Grande que eu participava, daria para fazer uma outra bíblia!! Sempre quando alguém me diz que é evangélico, é mais um motivo ainda para eu suspeitar dessa pessoa !!! Hoje em dia tem que ficar esperto mesmo...
 
Marcello Maia em 30/05/2012 09:08:39
É LAMENTÁVEL COMO AINDA HOJE AS PESSOAS UTILIZEM A PALAVRA DE DEUS PARA ILUDIR, EXPLORAR E ENGANAR AS PESSOAS. PRECISAMOS LER MAIS A BÍBLIA PARA PODERMOS IDENTIFICARMOS OS LOBOS E DIFERENCIÁ-LOS DAS OVELHAS. MAS AÍ DOS FALSOS PASTORES. MISERICÓRDIA!! PIEDADE SENHOR,!!
 
PABLO RODRIGUES em 30/05/2012 08:57:08
Pastor?
Será que esse ser sabe o que é Deus?
Outra pergunta,ele não é casado e se for a mulher aceita isso dentro de sua casa?
Mais,o que também não me entra na cabeça,é os pais de crianças permitirem que as mesmas fiquem dentro do mato com um homem altas horas,Deus tapa os olhos e os deixam sem malicia nos dias de hoje ou as pessoas padam pra ver?
 
Marta Alves em 30/05/2012 08:49:42
Se isso tudo for verdade, esse, que nem merece ser chamado de pastor, é digno sim de todo o rigor da lei. Por outro lado, os pais dessas meninas também são culpados. Num mundo globalizado, onde informação não falta, é inaceitável conceber que os pais permitissem que as meninas fossem sozinhas com esse (arg) pastor ao suposto monte. Pra encerrar: uma jovem de 17 anos, já não é mais bobinha.
 
Fernando Silva em 30/05/2012 07:23:41
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions