A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 10 de Dezembro de 2017

27/04/2011 09:45

Acusado de pedofilia confessa crimes e diz que já abusou de vários garotos

Vivianne Nunes e Aline Santos

Preso desde o último dia 13 de março, homem de 48 anos, confessou na Depca (Delegacia de Proteção a Criança e ao Adolescente), ter abusado sexualmente de vários meninos. Ele foi preso por funcionários de uma fazenda na saída para Três Lagoas, em Campo Grande, depois que duas crianças de sete e cinco anos contaram aos pais o ocorrido.

Martins era técnico em uma empresa de manutenção a refrigeradores e esteve no local no dia 12 de março para efetuar reparos em um freezer. Antes de sair da fazenda, ele convenceu as crianças, filhos de um dos funcionários, a acompanhá-lo até uma casa abandonada onde cometeu os abusos. A mãe das crianças ouviu do acusado momentos antes de deixar a fazenda um alerta para não contasse nada do que havia acontecido aos pais, que poderiam ficar bravos.

Na noite do mesmo dia a criança de cinco anos contou para a mãe o corrido. O pedófilo havia praticado sexo oral nos meninos. Segundo a delegada responsável pelo caso, Regina Márcia Rodrigues, até 2009 a lei considerava o fato como ato libidinoso diverso de conjunção carnal. Dois anos depois, com a mudança na legislação, passa a ser considerado crime de estupro e o agressor pode pegar oito anos de prisão por cada uma das vítimas.

No dia seguinte ao ocorrido, já cientes da situação, o pai dos meninos entrou em contato com Santana pedindo para que ele retornasse à fazenda para continuar os trabalhos. Chegando no local, ele foi cercado por um grupo de moradores que bateram nele e chamaram a Polícia Civil. Ele foi preso e levado para a Depca. No dia 16 do mesmo mês o pedófilo foi transferido para o Presídio de Trânsito.

Outras vítimas - Na delegacia, o criminoso, que mora no bairro Bonança, não negou os crimes e contou que tinha feito o mesmo com outras crianças. A polícia calcula pelo menos 15 vítimas, já que oito crianças foram ouvidas e acabaram apontando outras possíveis vítimas.

Santana chegou a dizer em depoimento que cometia abusos contra o filho de um amigo que, hoje tem 20 anos. Na época, com total confiança do pai do menino, ele levava a criança até um pesqueiro onde os abusos aconteciam. Ele afirmou aidna que várias vezes chegou a levar primos do menino junto. Eles iam até o rio e lá, molestava sexualmente as crianças.

O pedófilo contou ainda à polícia que é solteiro, mas chegou a viver maritalmente por seis meses com uma mulher que tinha um filho de nove anos. Uma vez ela viajou para São Paulo e deixou a criança aos cuidados do padrasto, que passou a abusar dele e o crime continuou por três anos.

Ele relata ainda que trabalhou em várias escolinhas de futebol e que, todas as vezes que viajava com os garotos, abusava deles.

Os abusos aconteciam sem violência. Santana, segundo a delegada, seduzia os menores e, conforme relatos dele próprio, as vítimas se comportavam como s fosse uma “brincadeira”.

Bons Antecedentes - José Martins de Santana não possuía antecedentes criminais. Ele considerado pela empresa onde trabalhou por último como do tipo bom profissional.

A prisão preventiva do acusado foi decretada e o inquérito policial concluído. A delegada Regina Motta lembra que, outras vítimas deverão aparecer nos próximos dias e que os interessados em denuncia-lo deverão comparecer a DPCA.

As vítimas de Santana eram sempre garotos com idades, na maioria das vezes, entre dez e treze anos.

Durante discussão, adolescente de 17 anos é esfaqueado pelo amigo
Um jovem de 17 anos foi levado em estado grave para a Santa Casa após ser esfaqueado na noite deste sábado, na frente da casa em que mora no Bairro G...
Após furtar obra, ladrão é capturado por moradores e ferido a tiros
Marcio Estacio Duarte Teixeira, de 31 anos, foi socorrido a Santa Casa de Campo Grande após ser atingido por dois tiros na madrugada deste domingo (1...


Daqui uns dias tá solto de novo ! Justiça do Brasil serve só para engorda de políticos e juízes !
 
roberto froes gonzaga em 27/04/2011 10:15:02
CONDORDO COM O LEITOR JA,JASTA NA RUA E COMENTENDO OS MESMOS CRIMES DE ANTES, NOSSA JUSTIÇA ´ FALHA
 
vinicius marques em 27/04/2011 03:05:30
Graças a Deus existem pessoas como esses dois garotos, e essa menina da universidade que a justiça de varios anos pode ser feita. Infelizmente ainda existe crianças que se deixam coagir. Nos dois casos se tivessem sido denunciados a mais tempo, varias crianças não teriam passado por traumas como esse que se leva por toda a vida. Muitos hoje ja adultos acusando os pais por negligencia. Parabens aos meninos eles apesar dos fatos são heróis. Cabe agora a justiça que os elementos em questão sejam mantidos presos. Pois sabe-se bem que a volta para a sociedade é pior, temos muitos casos confirmados. Quero tambem poder dar parabens a justiça.
 
silvia dos santos pereira em 27/04/2011 02:52:06
Se fosse no ESTADOS UNIDOS, adivinha o que iria acontecer.
 
sales filho em 27/04/2011 02:46:05
Nao entendo pq o Brasil é desse jeito...Nda é sério por aqui...Nao podemos confiar na policia, nem na justiça em geral...O povo só pensa em dinheiro no bolso deles.Pena de morte seria o ideal...
 
Bruna Vieira em 27/04/2011 01:47:10
Não se pode mais deixar criança com homem adulto. Não importa se é escola, casa ou fazenda.
Sempre tem que haver muito cuidado, muita vigilancia e pensar que todos são suspeitos até que se prove o contrario.
 
Roma Luitz em 27/04/2011 01:44:55
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions