ACOMPANHE-NOS    
JULHO, DOMINGO  03    CAMPO GRANDE 21º

Capital

Pequeno, mas perto do Centro, aeroporto deve ser ampliado até 2021

Completando 53 anos nesta sexta-feira (20), o aeroporto tem capacidade para receber 1,6 milhão de passageiros ao ano

Por Christiane Reis | 20/01/2017 09:10
Pequeno, mas perto do Centro, aeroporto deve ser ampliado até 2021

Distante 7 quilômetros do Centro da cidade, ponto de parada estratégico em relação aos países do Mercosul (Mercado Comum do Sul) e com capacidade para receber 1,6 milhão de passageiros a cada ano, o Aeroporto Internacional de Campo Grande, que nesta sexta-feira (20) completa 53 anos de existência, ainda surpreende quem desembarca na Capital. Turistas e pessoas que viajam a negócios resumem a impressão a uma só palavra: pequeno.

Por outro lado, o aeroporto avança nos serviços oferecidos como o terminal de logística de carga, que no ano passado registrou 1.343,2 toneladas movimentadas, sendo 1.343 toneladas de importação e 0,2 toneladas de exportação, segundo informações da assessoria de imprensa da Infraero, administradora do aeroporto. A empresa também destacou que investimentos são feitos ao longo do tempo e há projeto de ampliação no planejamento 2017-2021.

Primeira Impressão – Passageiros que visitam Campo Grande ainda destacam o tamanho do aeroporto quando questionados sobre a impressão que tiveram do local. “Por ser pequeno as opções acabam sendo poucas”, disse o engenheiro Geraldo Pereira Dias Ferreira, 53 anos. Ele mora em Belo Horizonte (MG), e vem à Capital com frequência a negócios. De passagem por Campo Grande e com destino a Bonito, a estudante carioca Rebeca Oroscho, 25 anos, compartilha da mesma opinião. “É bem pequeno, apenas isso”.

Aeroporto foi inaugurado em 1964. (Foto: Marcos Ermínio)
Aeroporto foi inaugurado em 1964. (Foto: Marcos Ermínio)

A amiga dela, também estudante, Letícia Teixeira, 27 anos, acrescentou que apesar de pequeno há uma boa estrutura. “Vi que tem caixa eletrônico, bebedouro e Anvisa” , destacou. Mesmo quem conhece aeroportos espalhados pelo mundo tem a mesma impressão. A arquiteta Carmem Teresa Costa Baest, 29 anos, veio de Valencia, na Espanha, e viaja por várias cidades do Brasil. “Aqui é bem pequeno comparado com os outros”, avaliou.

Já a assistente social, que mora no Rio de Janeiro, Elaine Antunes, 40 anos, pontuou que a questão do fluxo pode ser algo que influencie. “Não sei como é o fluxo, mas penso que poderia oferecer mais opções”, disse. Ela também seguiu viagem para Bonito.

Em 2016, segundo a Infraero, foram registrados que 1,4 milhão de pessoas embarcaram ou desembarcaram no aeroporto da Capital, no ano passado foram 1,5 milhão e no retrasado foram 1,6 milhão de pessoas.

Com relação aos pousos e decolagens foram registrados no ano passado 19.466; em 2015 os registros somaram 22.825 e no ano retrasado 24.843.

Intervenções – A aeroporto já passou por diversas intervenções para melhorar o conforto dos passageiros, algumas mais recentes. Em novembro de 2013, por exemplo,a Infraero entregou a ampliação da sala de desembarque do aeroporto. No novo espaço, houve a instalação de uma segunda esteira de restituição de bagagens, agilizando o processo de devolução das malas aos passageiros.

Carmem Teresa Costa Baest considerou o aeroporto pequeno. (Foto: Marcos Ermínio)
Carmem Teresa Costa Baest considerou o aeroporto pequeno. (Foto: Marcos Ermínio)
Elaine Antunes veio do Rio de Janeiro com destino a Bonito. (Foto: Marcos Ermínio)
Elaine Antunes veio do Rio de Janeiro com destino a Bonito. (Foto: Marcos Ermínio)

Os serviços para a reforma e ampliação do desembarque do aeroporto contemplam também a construção de novos banheiros e a ampliação de uma das esteiras de bagagens. Os investimentos foram de R$ 1 milhão.

No final de novembro do ano passado, foi realizado trabalho de recapeamento da via de acesso em frente ao terminal de passageiros do Aeroporto de Campo Grande, o que consumiu investimento de R$ 76 mil.

Ainda estão por vir reforma da seção de combate à incêndio; construção da central de resíduos sólidos; intervenções no terminal de passageiros existente, incluindo revitalização do sistema de climatização.

Além disso, estão previstas também ações de licenciamento ambiental, elaboração dos projetos de engenharia e contratação das obras de construção o novo complexo aeroportuário, que contempla um novo terminal de passageiros, novo pátio de aeronaves, estacionamento de veículos e acesso viário.

Segundo a Infraero, os requisitos para os projetos estão concluídos e a empresa aguarda aporte de recursos do Governo Federal para a execução. Os valores previstos não foram informados, a empresa justificou que ainda estão sujeitos à aprovação por parte do Governo Federal.

Pequeno, mas perto do Centro, aeroporto deve ser ampliado até 2021

História - A história do aeroporto tem início em 1932, quando o então Ministério da Guerra criou um Núcleo de Destacamento de Aviação na capital sul-mato-grossense, como base de apoio às aeronaves que transitavam pela região Centro-Oeste. Na ocasião, foi construída uma infraestrutura mínima com uma pista de pouso para atender à nova base.

Com a implantação do Núcleo, em 10 de março de 1934, foi inaugurada a primeira linha do Correio Aéreo de Fronteira, atendendo à região sul do antigo estado de Mato Grosso (antes da criação do Mato Grosso do Sul).

Alguns anos mais tarde, em setembro de 1945, nascia a Base Aérea de Campo Grande, paralela ao aeroporto sul-mato-grossense, conhecida como a Sentinela do Pantanal. Cinco anos depois, em 1950, se iniciaram as operações aéreas comercias. Em janeiro de 1964 foi inaugurado aeroporto de Campo Grande.

Até 1975, o terminal era administrado pelo Ministério da Aeronáutica, por meio do extinto DAC (Departamento de Aviação Civil). A partir dessa data, o terminal passa a ser administrado pela Infraero, quando foram realizadas uma série de obras. Na década de 80, o terminal de passageiros passou por uma ampliação considerável, passando de 1.500m² para 5.000m². Já em 1998 houve uma nova ampliação do terminal de passageiros, que passou para 7.215 m².

Nos siga no Google Notícias