ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
MAIO, DOMINGO  26    CAMPO GRANDE 12º

Capital

Personagem histórico, Agostinho da Mota morre aos 97 anos

Coração do ex-combatente da 2ª Guerra e Papai Noel mais querido da cidade, parou no final desta tarde

Adriano Fernandes | 06/09/2022 21:36
Agostinho Gonçalves da Mota durante a sua festa de aniversário de 97 anos. (Foto: Marcos Maluf) 
Agostinho Gonçalves da Mota durante a sua festa de aniversário de 97 anos. (Foto: Marcos Maluf)

Personagem histórico da Capital Agostinho Gonçalves da Mota, partiu aos 97 anos. Com a saúde debilitada ele estava há cerca de 2 meses sob cuidado intensivo em uma clínica geriátrica da Capital. Por volta das 17h de hoje (06) o coração do ex-combatente da 2ª Guerra Mundial, que por 20 anos foi o Papai Noel mais querido da cidade, parou.

Foto de Agostinho (terceiro da esquerda para direita) terceiro da esquerda para direita) em frente à agência mais antiga da Capital. (Foto: Arquivo) 
Foto de Agostinho (terceiro da esquerda para direita) terceiro da esquerda para direita) em frente à agência mais antiga da Capital. (Foto: Arquivo)

"Ele já tinha alguns problemas de coração, ponte safena, marca-passo. Necessitava de cuidados 24h então aos poucos nós fomos nos preparando", lamenta o filho Wilian Felício da Mota, de 68 anos. O velório e  o sepultamento de Agostinho, serão no Cemitério Parque das Primaveras nesta quarta-feira (07), mas o horário ainda será definido pela família.

Agostinho se vai deixando uma história de vida digna de filme. De origem pobre o menino nascido em Três Lagoas viu no Exército a possibilidade de uma vida de melhor. Ele se alistou aos 17 anso e em Em 1942, seguiu para o Rio de Janeiro, de onde iria, dois anos depois, para a Itália combater o exército de Mussolini comandando as trincheiras da linha de frente.

O pesadelo da guerra acabou em 1945 com a vitória dos aliados. A volta do ex-militar, que recebeu a dispensa do Exército ainda na Itália, para o Brasil aconteceu um ano depois. Mas as dificuldades não acabaram, mesmo Agostinho ostentando o título de herói.

Placa dada pelos Correios ao ex-combatente em homenagem aos anos de dedicação ao ofício. (Foto: Marcos Ermínio)  
Placa dada pelos Correios ao ex-combatente em homenagem aos anos de dedicação ao ofício. (Foto: Marcos Ermínio)

“Os que mandavam no país naquela época não valorizaram a gente, eu passei muitas dificuldades e só consegui me reerguer quando encontrei um emprego nos Correios de Campo Grande”, disse Agostinho ao Campo Grande News há 9 anos atrás.

Agostinho foi um dos primeiros funcionários da primeira agência da EBCT (Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos) em Campo Grande, localizada na esquina da Avenida Calógeras com a Rua Dom Aquino, coração da Capital, ainda sem os prédios e o comércio movimentado dos dias atuais.

Foram 23 anos de comprometimento com o trabalho até a aposentadoria em 1971, mas o  senhorzinho simpático ainda arrumou um jeito de se manter na ativa. Agostinho se voluntariou como Papai Noel para o projeto das cartinhas de Natal dos Correios. Foram 20 anos encantando o Natal em Campo Grande. A dedicação era tanta que Agostinho até foi homenageado com um selo feito especialmente com a foto dele vestido com a fantasia do Papai Noel.

Agsotinho foi Papai Noel dos Correios por 20 anos. (Foto: Marcos Ermínio)   
Agsotinho foi Papai Noel dos Correios por 20 anos. (Foto: Marcos Ermínio)

O aniversário de 97 anos do ex-combatente, celebrado em maio teve direito a festança preparada pelo Exército Brasileiro cheia de homenagens. Além dos militares, integrantes do Instituto Histórico e Geográfico de Mato Grosso do Sul, dos Correios, amigos e familiares celebraram com Agostinho, assim como o Moto Clube Germanus.

Entre as honrarias, a banda do Comando Militar do Oeste também se apresentou e entoou o momento do parabéns com o bolo de aniversário. Feliz com as homenagens, Agostinho passou todo o tempo acenando para os participantes da festividade. Durante a comemoração Agostinho foi presenteado com uma medalha e certificado da instituição, sendo uma das mais altas condecorações.

Nos siga no Google Notícias