ACOMPANHE-NOS    
DEZEMBRO, QUINTA  02    CAMPO GRANDE 29º

Capital

Correios abre campanha de Natal e já tem 4,5 mil cartas ao Papai Noel

Por Filipe Prado | 08/11/2013 13:52
Oficialmente, Correios começaram a campanha de Natal hoje, mas já recebeu 4,5 mil cartas (Foto: Marcos Ermínio)
Oficialmente, Correios começaram a campanha de Natal hoje, mas já recebeu 4,5 mil cartas (Foto: Marcos Ermínio)

A "Casa do Papai Noel" foi inaugurada, na manhã de hoje (8), na agência Central dos Correios em Campo Grande. Esta é a 24ª edição do Papai Noel dos Correios, onde crianças carentes mandam cartas com pedidos de presentes de Natal e a empresa realiza os sonhos por meio de doações.

Já são cerca de 4,5 mil cartas cadastradas nos Correioscom pedidos que vão de bicicletas e bonecas até ratos de estimação. João Edílson Oliveira Rocha, diretor regional dos Correios, explica que as datas de entrega das cartas são limitadas. “Até o dia 16 de novembro as crianças poderão entregar as cartas, até o dia 7 de dezembro nós receberemos as doações. E no dia 14 entregaremos os presentes”, explicou.

Este ano uma parceria foi feita com a Secretaria de Municipais de Educação. “Nós fechamos com cinco escolas carentes de Campo Grande. Além de incentivar a escrita, também ajudaremos as crianças com os presentes”, comenta João Rocha.

Diretor regional dos Correios fez parceria com cinco escolas de bairros carentes da Capital (Foto: Marcos Ermínio)
Diretor regional dos Correios fez parceria com cinco escolas de bairros carentes da Capital (Foto: Marcos Ermínio)

As cartas podem ser entregues nas sete agências de correios da cidade. Nas agências Petrópolis, no Shopping Norte Sul, Estação Rodoviária, em frente da antiga Rodoviária, Kadiwéu, localizada na rua Ceará, 1553 e Guavirais, na Receita Federal. Mas somente na agência central, as cartas estarão expostas para a leitura. No ano passado foram entreguem mais de 10 mil cartas para os Correios, sendo que 8.682 foram respondidas.

Segundo o diretor dos Correios, todas as cartas serão respondidas este ano. “Mesmo que não consigamos presentes para todas as crianças, nós iremos responder todas as cartas”, explica João Rocha.

Miriam Celeste Bernal Umar, 39 anos, é funcionária dos Correios há 12 anos, e em todo este tempo ela ajuda na campanha. “Eu sempre leio, vejo o que é interessante, o que irá fazer a criança feliz. Uma vez nós juntamos um setor e respondemos uma carta onde um rapaz pedia ventilador, roupas, fraldas e comida para a família”, comenta.

Outras entidades também se juntam para “apadrinhar” as cartas. Suzana Beal, 48, é funcionária do Detran e hoje foi buscar 250 cartas para distribuir entre os colegas do trabalho. “É muito gratificante, já faz sete anos que pegamos cartas. E todos os anos cresse o número de adeptos a campanha. E tenho certeza que irei voltar para pegar mais”, relata.

Homenagem – Também foi lançado hoje um selo comemorativo, em homenagem a Agostinho Gonçalves Lopes, 88. Ele é funcionário aposentado dos Correios e há mais de 20 anos participa voluntariamente da campanha como Papai Noel.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário