A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

08/05/2014 17:50

PM detona e confirma que explosivo é usado para roubar caixas

Lidiane Kober e Filipe Prado
Bope foi ao local e, munidos de capacete e escudo, explodiram um dos 14 cartuchos (Foto: Marcelo Vitor)Bope foi ao local e, munidos de capacete e escudo, explodiram um dos 14 cartuchos (Foto: Marcelo Vitor)

Material explosivo, encontrado, nesta quinta-feira (8), no Distrito Industrial Indubrasil, em Campo Grande, contém mesma substância usada para estourar caixas eletrônicos. A constatação é do Bope (Batalhão de Operações Policiais Especiais), que foi ao local e explodiu um dos 14 cartuchos para analisar o conteúdo.

Um dos três agentes do batalhão, que atuou na operação, informou ao Campo Grande News que a equipe encontrou, após explodir um dos cartuchos, pólvora cloratada. “É o mesmo material usado para explodir caixas eletrônicos”, observou o policial.

Para chegar a tal conclusão, o Bope precisou cavar um buraco e, munidos de escudos e capacetes, estourar um dos cartuchos. A pólvora cloratada também é encontrada em fogos de pirotecnia. “Por isso, o controle na hora de comprar o material é menor”, explicou o policial.

Após a ação do Bope, a Polícia Militar acionou uma equipe de peritos para ratificar a constatação e tentar descobrir mais detalhes do conteúdo dos cartuchos. Depois, o material será destruído. “É de praxe fazer a explosão para anular a ameaça”, justificou o agente do Bope.

O caso chegou à polícia por meio de moradores da região. Eles informaram ter visto três homens esconder o material no matagal e falar em explodir algo no próximo domingo (11). Quando chegou à estrada vicinal, cinco quilômetros após a estação de Trem do Pantanal, a PM não avistou suspeitos.

O primeiro a desconfiar do material foi um boiadeiro, que trabalha na região e não quis se identificar. “Todos os dias, no meu horário de almoço, passo por esta estrada e, hoje, vi esse material estranho”, relatou.

Desconfiado, ele chamou o patrão para analisar o conteúdo. Ainda mais intrigados, os dois acionaram uma terceira pessoa, que desconfiou se tratar de bomba. Diante da suspeita, eles ligaram para a polícia.

A PM isolou a região e fechou a estrada vicinal. Agora, moradores dos dois lados da via precisam esperar o fim da operação para chegar ao destino final. O trabalho da perícia deverá demorar mais duas horas e meia.

Foram encontrados 14 objetos semelhantes a bananas de dinamite (Foto: Divulgação)Foram encontrados 14 objetos semelhantes a bananas de dinamite (Foto: Divulgação)
Policiais entraram mato adentro para conferir o material explosivo (Foto: Marcelo Vitor)Policiais entraram mato adentro para conferir o material explosivo (Foto: Marcelo Vitor)
Terminal rodoviário de Campo Grande oferece cartões de Natal gratuitos
A rodoviária de Campo Grande, mais um ano, oferece gratuitamente cartões de Natal gratuitamente para os passageiros que passarem pelo local até o pró...
Universidade do MS recebe certificação de excelência em gestão
Será recebida pela UCDB (Universidade Católica Dom Bosco) em solenidade que acontece na próxima segunda-feira (18) o certificado de excelência em ges...
Águas Guariroba continua com campanha de renegociação de dívidas
Vai até o dia 29 deste mês a campanha "Fique em Dia", realizada pela Águas Guariroba para renegociar as dívidas que os consumidores têm com a empresa...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions