A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 23 de Setembro de 2018

29/10/2017 10:22

PMA flagra 60 galos feridos em rinha e 21 pessoas são presas na Capital

Animais estavam mutilados, com esporas cortadas, diversos ferimentos, principalmente na crista e no peito

Osvaldo Júnior
Local onde eram colocados os galos para brigar. No fundo, as gaiolas (Foto: Divulgação/PMA)Local onde eram colocados os galos para brigar. No fundo, as gaiolas (Foto: Divulgação/PMA)

Mutilados, com esporas cortadas, diversos ferimentos, principalmente na crista e no peito. Nessas condições foram encontrados 60 galos em uma rinha, em Campo Grande, pela PMA (Policiais Miliares Ambientais). Os animais foram apreendidos e 21 pessoas detidas.

A ação foi realizada neste sábado no bairro Jardim Veraneio. De acordo com a polícia, no momento da chegada das viaturas, diversas pessoas conseguiram fugir, mas 21 foram detidas. “Alguns veículos, dos quais não foram encontrados os proprietários foram catalogados como suspeitos e, se os proprietários foram identificados como participantes da rinha, também serão responsabilizados”, informou a polícia.

Além dos 60 galos (espécie galo-índio), foram apreendidos 90 gaiolas, esporas artificiais, remédios, seringas, capas para transporte dos galos, duas arenas (rebolo), onde eram colocadas as aves para brigar.

Segundo a polícia, os animais também sofriam maus tratos devido à situação das gaiolas. “São apertadas com restrição de movimentos, privação de luz solar e circulação aérea inadequada, o que, por si só, caracteriza maus-tratos”, descreveu a PMA.

Os 21 infratores, residentes em Campo Grande, foram detidos e responderão por crime ambiental de maus-tratos a animais. A PMA aplicou multa de R$ 30 mil contra cada infrator, totalizando R$ 630 mil.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions