ACOMPANHE-NOS    
DEZEMBRO, SÁBADO  05    CAMPO GRANDE 23º

Capital

PMs organizam manifestação para sábado com reforço de policiais civis

Por Jéssica Benitez | 17/05/2013 18:46

Amanhã servidores da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros farão manifestação reivindicando maiores salários e melhores condições de trabalho. Apesar desse tipo de protesto sempre ter sido proibido pelas regras das duas corporações, ele planejam se encontrar às 10h na Praça do Rádio. A Polícia Civil, já em greve, também deve comparecer ao manifesto.

Segundo o presidente da ACS e BM-MS (Associação de Cabos, Soldados e Bombeiros Militares de Mato Grosso do Sul), Edmar Soares, o protesto será pacifico e tem como objetivo maior, além das reivindicações, conscientizar a população sobre a real situação da segurança pública em Mato Grosso do Sul.

“Precisamos esclarecer a sociedade sobre o que está acontecendo”, disse. Edmar afirmou, ainda, que a última opção do efetivo é o aquartelamento e que todos estão abertos a negociação com o Governo Estadual até segunda-feira (20) quando haverá uma assembleia para decidir qual providência a categoria irá tomar.

“Eu já vou agendar uma conversa com o governador André Puccinelli antes da assembleia. Não queremos prejudicar nada nem ninguém, queremos resolver tudo da melhor forma para ambas as partes”, garantiu o presidente. O reajuste salarial proposto pelo governo é de 7%, mas no início desta semana a categoria não aceitou o percentual.

Edmar contou que o servidor que não puder comparecer se prontificou a enviar um familiar para representá-lo no protesto, o que normalmente ocorre para evitar alguma punição ao militar. Desta forma, estima-se que mais de 5 mil pessoas estejam na praça neste sábado. “Mesmo se tiver apenas duas pessoas, nós faremos a manifestação”, finalizou.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário