A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

24/11/2011 12:44

Polaco depõe no Gaeco e diz que não fuma cigarro paraguaio

Francisco Júnior e Ângela Kempfer

Ele foi localizado por policiais da PRF (Polícia Rodoviária Federal) em uma fazenda de Eldorado. No local, os filhos dele e o cunhado também foram presos.

Polaco diz que nãom fuma cigarro paraguaio. (Foto: Viviane Oliveira)Polaco diz que nãom fuma cigarro paraguaio. (Foto: Viviane Oliveira)

Alcides Carlos Grejianin, o Polaco, chegou por volta das 10h40 desta quinta-feira na sede do Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado), em Campo Grande, onde irá prestar depoimento. Ele foi preso ontem (23) durante operação policial desencadeada em várias cidades do Estado em combate ao contrabando de cigarros.

Polaco chegou escoltado por policiais da PRE (Polícia Militar Rodoviária). Ao descer da viatura, ele foi questionado por um jornalista se era fumante.

Respondeu que sim e afirmou que não fuma cigarro paraguaio. “Por enquanto não”, disse ele, que é considerado pela polícia como sendo o maior contrabandista de cigarro do País.

Polaco foi localizado por policiais da PRF (Polícia Rodoviária Federal) em uma fazenda de Eldorado. No local, os filhos dele e o cunhado também foram presos.

Ontem, a PRF e o Gaeco desencadearam a operação Alvorada Voraz. Foram cumpridos 28 mandados de busca e apreensão e 15 de prisão. Entre os presos estão quatro policiais militares.



quem na verdade manda prender um comerciante igual a esse nao e a policia e sim o sistema, o sistema onde tem que se manter altos impostos, porque esse cigarro que muitas vezes sao fabricados no brasil, sao vendidos la fora pela metade do preço.o nosso pais deveria ser copiados pelo resto do mundo, aqui sim arrecada muito, ja imaginou se essa arrecadaçao fosse em beneficio do povo, seriamos milio
 
luiz fernandes em 25/11/2011 11:49:47
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions