ACOMPANHE-NOS    
JANEIRO, QUARTA  19    CAMPO GRANDE 28º

Capital

Polícia encontra droga escondida dentro de botijões em distribuidora

Segundo a investigação, o entorpecente seria distribuído para traficante de médio porte na cidade

Por Geisy Garnes e Bruna Marques | 29/09/2021 10:50
Entre 509 botijões, equipes encontraram 28 com sinais de alteração. (Foto: Henrique Kawaminami)
Entre 509 botijões, equipes encontraram 28 com sinais de alteração. (Foto: Henrique Kawaminami)

Investigações da Denar (Delegacia Especializada de Repressão ao Narcotráfico) descobriram esquema de transporte de drogas dentro de botijões de gás de cozinha, na manhã desta quarta-feira (29), em Campo Grande. Eles eram guardados em uma distribuidora no Jardim da Nações e um homem foi preso no local. Militares do Corpo de Bombeiros foram chamados para abrir os botijões e retirar os entorpecentes.

Denúncias anônimas levaram os policiais da especializada até a distribuidora de gás da Rua Ari Matoso. No local, em uma primeira busca, a equipe percebeu alterações em um dos botijões.

Aparentemente, ele estava intacto, mas em uma análise mais detalhada foi encontrado um fundo falso na estrutura de metal. O fundo estava remendado e coberto por uma massa, numa tentativa de disfarçar a alteração. Pelo peso, também diferente de um recipiente vazio para um cheio de gás, ficou constatada a suspeita de que a droga era guardada dentro do botijão.

Diante da situação, todos os 509 botijões que estavam no local foram recolhidos e levados para a delegacia. O Corpo de Bombeiros foi chamado e juntas, as equipes iniciaram um trabalho de verificação de cada recipiente.

Os botijões foram divididos em três categorias: os vazios, os cheios de gás e os que apresentavam sinais de alteração, que somaram 28. Esses últimos, todos da mesma cor e retirados do meio da carga, foram levados para dentro da unidade policial, onde começaram a ser cortados por militares do Corpo de Bombeiros com desencarcerador, o mesmo usado no resgate de vítimas de acidente de trânsito.

Um homem que estava na distribuidora foi preso em flagrante. Ao Campo Grande News, o delegado Gustavo Ferraris explicou que, até o momento, as investigações revelaram que a droga escondida dentro dos botijões seria entregue a traficantes de médio porte na cidade, comumente responsáveis por abastecer pequenas bocas de fumo.

Detalhes como a origem da carga e outros envolvidos no esquema ainda são apurados pela delegacia especializada.


Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário