A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

11/09/2016 11:27

Polícia intima pessoa citada por homem antes de morrer torturado e queimado

Viviane Oliveira e Adriano Fernandes
Equipes da polícia e perícia fizeram levantamento no local do crime. (Foto: Alcides Neto) Equipes da polícia e perícia fizeram levantamento no local do crime. (Foto: Alcides Neto)

A Polícia Civil chamou para depor um homem que foi citado pela vítima encontrada com 90% do corpo queimado e as mãos e os pés amarrados, na manhã de hoje (11), na Rua EW 1 - continuação da Martins de Sá – região do Noroeste, em Campo Grande.

A vítima, que ainda não foi identificada, foi achada com vida e, durante atendimento, citou por várias vezes alguém chamado Vagner (o sobrenome vai ser preservado). A pessoa foi encontrada no sistema da polícia e chamada para depor na delegacia.

“Ainda não se sabe a ligação desse homem com a vítima”, diz o delegado Camilo Kettenhuber Cavalheiro, que atendeu a ocorrência. A polícia ainda não sabe o motivo do crime.

Restos de roupas, fios de energia elétrica usado para amarrar as mãos e o pés do homem foram apreendidos por uma equipe da perícia, que esteve no local do crime. “Por enquanto são hipóteses, por exemplo, encontramos uma corrente dourada. Ainda não sabemos se tem valor, mas se foi latrocínio, roubo seguido de morte, porque não levaram?”, questiona a autoridade policial.

A polícia também não descarta crime passional, pois antes de morrer o homem chamava por uma mulher. A suspeita é de que o suspeito usou álcool para atear fogo no corpo da vítima, que teve a roupa queimada no corpo. O homem ainda não foi identificado, mas aparenta ter em torno de 45 anos.

Crime - O caseiro de uma chácara na região contou que por volta das 5h20 ouviu pedidos de socorro e, quando saiu para ver o que estava acontecendo, encontrou o homem na estrada vicinal. “Ele estava seminu e gritava pelo nome de uma mulher”.

O homem, que sofreu agressões na cabeça e teve 90% do corpo queimado, morreu na ambulância do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), a caminho da Santa Casa. Durante atendimento, vítima chegou a relatar que foi levada para o local após ter o veículo Voyage roubado na região do Santo Amaro.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions