ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
MAIO, QUARTA  29    CAMPO GRANDE 11º

Capital

Polícia investiga morte de cadela por contaminação de petisco

Chloe como era chamada, ingeriu o petisco dia 29 de julho, depois disso ela ficou “mole”

Ana Beatriz Rodrigues | 08/09/2022 17:19
Fachada de Delegacia onde o caso vai ser investigado. (Foto:Henrique Kawaminami)
Fachada de Delegacia onde o caso vai ser investigado. (Foto:Henrique Kawaminami)

A Polícia Civil  investiga a morte de cachorra que ingeriu petiscos suspeitos de contaminação por substâncias tóxicas, em Campo Grande. A cadelinha da raça Spitz morreu na ultima segunda-feira (5), após passar dias internada.

De acordo com a Decat (Delegacia Especializada de Repressão a Crimes Ambientais e Atendimento ao Turista) a tutora, de 51 anos, comprou um  pacote da Dental Care Bassar Pet Food,  que vinha com três petiscos.

Chloe, como era chamada, ingeriu o petisco dia 29 de julho, depois disso ela ficou “mole”, segundo o boletim de ocorrência . No dia seguinte, o animal vomitou algumas vezes e em seguida a tutora a levou para o veterinário, onde ficou até segunda-feira .

Na delegacia a dona do pet contou à polícia que fazia parte de um grupo de whatsapp de donas de cachorro que havia perdido o animal por conta do mesmo petisco que a Chloe comeu e por isso decidiu registrar o boletim de ocorrência.

A Decat já instaurou inquérito e o caso foi registrado como maus tratos e consumo de mercadoria imprópria.

Nos siga no Google Notícias