ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JUNHO, QUINTA  13    CAMPO GRANDE 23º

Capital

Polícia Penal vai treinar combate a resgate de preso na “Supermáxima”

Simulação de ataque a presídio que fica na estrada da Gameleira será na próxima terça-feira, dia 30

Por Anahi Zurutuza | 26/04/2024 18:29
Policial penal recebendo treinamento para agir em torre de presídio (Foto: Senappen/Divulgação)
Policial penal recebendo treinamento para agir em torre de presídio (Foto: Senappen/Divulgação)

A Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário) vai treinar policiais penais para combater possíveis tentativas de resgate e fuga de presos na Penitenciária Masculina da Gameleira I, que ganhou o apelido de “Supermáxima”. A simulação será na próxima terça-feira, dia 30, a partir das 16h.

O estabelecimento penal fica na MS-455, conhecida como Estrada da Gameleira, na saída para Sidrolândia. Texto da Agepen divulgado nesta sexta-feira (26) explica que durante a ação, haverá policiais posicionados na rodovia e no entorno do presídio, o que pode assustar pessoas que passarem pelo local. Por isso, o aviso com antecedência.

A simulação do ataque, intitulada “Plano de Defesa e Combate em Torre”, deve durar pelo menos 4 horas, segundo apurado pela reportagem.

“A ação trata-se de planejamento estratégico e apresentação de plano-piloto em razão da modernização da zona de segurança perimetral do Complexo da Gameleira”, também informou a Agepen.

O treinamento terá como base protocolos já adotados pela Senappen (Secretaria Nacional de Políticas Penais) no Sistema Penitenciário Federal e ainda os conhecimentos do Bope (Batalhão de Operações Policiais Especiais) no combate ao “domínio de cidades” pelo chamado “Novo Cangaço”, quando organizações criminosas fazem reféns e literalmente tomam conta de pequenos municípios ou parte deles para a prática de roubos cinematográficos.

Por isso, o exercício simulado terá a participação ainda do Bope, do Batalhão de Choque da Polícia Militar, do Corpo de Bombeiros, PRF (Polícia Rodoviária Federal) e Guarda Civil Metropolitana de Campo Grande, além dos instrutores da Senappen.

“A Polícia Penal reforça que será apenas um exercício simulado e que haverá disparos em ambiente controlado, não sendo permitida a aproximação de pessoas que não estejam envolvidas com a ação”, completa o alerta.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.

Nos siga no Google Notícias