A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

19/12/2011 12:08

Prefeito diz que perdeu esperança de receber dinheiro do Governo Federal

Wendell Reis
Prefeito reafirmou que usará dinheiro do PAC II se o Governo Federal não enviar verba (Foto: João Garrigó)Prefeito reafirmou que usará dinheiro do PAC II se o Governo Federal não enviar verba (Foto: João Garrigó)

O prefeito de Campo Grande, Nelson Trad Filho (PMDB), participou na manhã desta segunda-feira (19) do plantio da primeira das 1.000 mudas que serão plantadas no bairro Nova Lima. Durante a solenidade o prefeito lembrou que o problema da erosão, no chamado “buracão do Nova Lima” não foi resolvido, mas foi ao evento que já estava marcado.

Trad se recordou que o problema já existe há algum tempo e se agravou com a última chuva mais forte que caiu na região. Porém, esclareceu que desde o início do problema tem pleiteado recurso, por meio de decreto de emergência, que foi feito pela segunda vez quando a erosão aumentou e o buraco quase engoliu casas.

O prefeito disse que há a promessa de que o recurso do Governo Federal ainda chegue em 2011. Mas, confidenciou que não tem esperança. Apesar da descrença, o prefeito pediu empenho da bancada federal para conseguir o recurso para o projeto que já está pronto.

Trad declarou ainda que não tem como ficar inventando desculpas ou colocando a culpa dos problemas em São Pedro. “As estações são bem definidas. Todo mundo sabe que no início do ano chove e se não se prevenir é desleixo”. O prefeito garantiu que caso não consiga o dinheiro do Governo Federal, deve solicitar recursos do PAC 2, que seriam destinados a recapeamentos de ruas, para solucionar o problema do bairro, principalmente na área do Exército.

No último decreto o prefeito relatou que a Capital foi atingida por uma intensa precipitação hídrica no dia 30 de outubro de 2011, sendo registrado índice pluviométrico de 45 mm. A prefeitura detalha o estrago na Região do Segredo - bairro Nova Lima, no prolongamento da rua Marquês de Herval, altura do número 500, relatando que a chuva causou erosão linear, sulcos, ravinas e voçorocas, além da necessidade de pavimentação da via.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions