A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

30/07/2015 15:08

Prefeitura busca empréstimo externo para recapear 87 quilômetros

Antonio Marques
Prefeito diz que financiamento será analisado pelo Ministério da Fazenda (Foto: Marcos Ermínio/Arquivo)Prefeito diz que financiamento será analisado pelo Ministério da Fazenda (Foto: Marcos Ermínio/Arquivo)

O prefeito de Campo Grande, Gilmar Olarte (PP), divulgou hoje, a possibilidade de conseguir financiamento externo no valor de US$ 70 milhões (R$ 235 milhões na cotação desta quinta-feira) para o programa Recap (Recomposição do Pavimento Asfáltico). Segundo a assessoria de imprensa da Prefeitura, ele teria recebido ontem, 29, a confirmação do Ministério da Fazenda que o assunto entrou na pauta da Cofiex (Comissão de Financiamentos Externos), que vai analisar o projeto.

Conforme a assessoria da Prefeitura, o financiamento seria solicitado ao CAF (Banco de Desenvolvimento da América Latina) e, por isso, a necessidade do aval do Ministério da Fazenda. Os recursos deste empréstimo, se aprovado, vão garantir 87 quilômetros de recapeamento de ruas da Capital.

Além disso, estaria prevista execução de drenagem; execução de passeios com acessibilidade a serem implantados em 43.715 metros nas vias; ampliação de áreas para práticas de transportes alternativos, sendo 3.000 metros de ciclovias e suas ligações; eliminação dos gastos decorrentes das manutenções excessivas com os tapa-buracos; e por fim a implantação e adequação de acessibilidade em 100% das vias contempladas e o reordenamento viário através de sinalização horizontal e vertical;

De acordo com a Prefeitura, o programa vai abranger ruas asfaltadas há mais de 30 anos e que estão com pavimento danificado, remendado por sucessivos serviços de tapa-buraco.

Para tratar do assunto, o prefeito Gilmar Olarte teria se reunido, nessa quarta-feira, com a secretária-adjunta do Tesouro Nacional, Danielle Pinho Soares Alcântara Crema, e a chefe da assessora de Assuntos Parlamentares do Ministério da Fazenda, Ilma Ferreira Lima.

Segundo a assessoria, o prefeito está otimista com aprovação do empréstimo, considerando principalmente o que ouviu da secretária-adjunta. “A avaliação é que nosso projeto é marco, que estamos investindo não em uma ação pontual, mas num projeto que pode, de fato, melhorar a vida das pessoas”, comentou Olarte.

Se aprovada a solicitação, a assessoria do prefeito informou que uma missão do CAF viria a Campo Grande para análise detalhada do projeto, que dependerá de autorização da Câmara Municipal, para contratação do financiamento, além da aprovação da Secretaria do Tesouro Nacional e do Senado Federal, já que o Governo Federal seria o avalista da operação bancária.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions