ACOMPANHE-NOS    
MAIO, SÁBADO  28    CAMPO GRANDE 21º

Capital

Prefeitura da Capital loca imóvel no Centro para pronto-socorro veterinário

Unidade ganhará prédio próprio no Aero Rancho, mas vai dar início a alguns atendimentos em breve

Por Adriel Mattos | 13/05/2022 11:16
Não há prazo para o início do funcionamento do espaço, que fica na Rua Rui Barbosa. (Foto: Henrique Kawaminami)
Não há prazo para o início do funcionamento do espaço, que fica na Rua Rui Barbosa. (Foto: Henrique Kawaminami)

A prefeitura da Capital alugou um imóvel no Centro para instalar temporariamente a Unidade de Pronto Atendimento Veterinário. No local, irá funcionar também a sede da Subea (Subsecretaria do Bem-Estar Animal), na Rua Rui Barbosa, número 3538.

A prefeitura vai construir um prédio próprio para a unidade na esquina da Rua Gérbera com a Tumbérgia, no Aero Rancho, cujo investimento será de R$ 3 milhões. Ainda não há previsão de quando a Subsecretaria será transferida para o local, nem a abertura da UPA-Veterinária. Até o momento, a prefeitura tem convênio com clínicas privadas para castração de cães e gatos.

Mudanças – No mês passado, a prefeita Adriane Lopes (Patriota) enviou à Câmara Municipal projeto que alterou a lei que criou a Unidade de Pronto Atendimento Veterinário. Na lei original, a previsão era atender cães, gatos e até cavalos, jumentos e mulas, em atendimento 24 horas.

Adriane pediu a exclusão de cavalos, jumentos e mulas e condicionou o funcionamento à “organização administrativa estabelecida pela administração pública”, sem especificar um período.

Além disso, o projeto muda o artigo que previa um centro cirúrgico na unidade, para prever que “os serviços que serão prestados serão descritos em alas complementares”. Além disso, a prioridade no atendimento será para animais cujos donos sejam de baixa renda, cadastrados no CadÚnico (Cadastro Único de Programas Sociais).

Por fim, o atendimento de animais acolhidos por organizações ou protetores independentes respeitará o fluxo normal da unidade. Na justificativa, a prefeita diz que a mudança é para dar mais eficácia ao serviço.

Nos siga no Google Notícias