A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

10/01/2016 10:40

Prefeitura já tem o aval da Caixa para recapeamento executado por militares

Liana Feitosa e Mayara Bueno
(Foto: Marcos Ermínio)(Foto: Marcos Ermínio)

Nesta segunda-feira (11) o prefeito Alcides Bernal (PP) irá à Caixa Econômica Federal retirar a carta de anuência que autoriza a prefeitura de Campo Grande a receber recursos para a execução das obras de recapeamento asfáltico em quatro avenidas da Capital.

Com isso, a execução deixa de ser um plano e fica perto de se tornar realidade nas Avenidas Marechal Deodoro, Bandeirantes, Brilhante e Guia Lopes.

O anúncio de liberação dos recursos foi feito em discurso durante a posse dos conselheiros tutelares da cidade na manhã deste domingo (10), na Capital.

De acordo com o prefeito, a reunião na Caixa será às 14h30. As ações serão comandadas pelo Exército, que usará R$ 19,5 milhões para a recuperação completa das vias, como já ocorreu na avenida Afonso Pena em 2011.

No evento deste domingo, Bernal ainda satirizou a situação do asfalto de Campo Grande, e as recentes chuvas, contando que percorre as ruas contando os buracos nas vias. "Mas a equipe de tapa-buracos passa para fazer o reparo e, no outro dia, os buracos já abrem", completou.

Assim que o projeto de recapeamento foi criado, a previsão era que as obras custariam R$ 26 milhões. No entanto, os militares se comprometeram a fazer o serviço por R$ 19,5 milhões.

O valor seria mais caro, caso o projeto fosse executado por empreiteira, porque estaria embutido custo operacional e margem de lucro equivalente a 26% do orçamento total. No entanto, o Exército executará a obra por menor valor principalmente por não ter custos com a contratação de pessoal e locação de máquinas. A previsão é que os reparos sejam concluídos em 16 meses.



ESSA OBRA ESPERO QUE NÃO SEJA SUPERFATURADA....SEMPRE TEM ALGUEM GANHANDO UM EM CIMA;
 
Marcus Ribeiro em 10/01/2016 15:35:43
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions